Siga-nos

Mundo

28

Tempo estimado para a leitura: 1minuto(s) e 18segundo(s).

Licor clandestino mata quase 40 pessoas na Índia

A bebida continha metanol tóxico, segundo a polícia

ubiie Redação

Publicado

em

Ao menos 39 pessoas morreram e outras 27 passaram mal no norte da Índia, após terem bebido um licor produzido clandestinamente e que continha metanol tóxico.

Segundo a polícia, 26 pessoas faleceram em duas localidades diferentes do estado de Uttar Pradesh, enquanto outras 13 perderam a vida em Uttarakhand.

Oito suspeitos de terem fornecido a bebida foram presos, e 35 oficiais públicos acabaram suspensos de suas atividades, incluindo 12 policiais.

Mortes provocadas por bebidas alcoólicas destiladas ilegalmente são comuns na Índia, onde as castas mais pobres não têm dinheiro para comprar licores originais.

Os clandestinos, no entanto, contêm frequentemente produtos químicos, incluindo até pesticidas, para aumentar sua gradação alcoólica.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Mundo

Avião com 189 pessoas a bordo derrapa em pista na Indonésia

Não houve feridos; pista teve de ser encerrada temporariamente

ubiie Redação

Publicado

em

Um avião da companhia aérea Lion Air, com 182 passageiros e sete membros de tripulação a bordo, derrapou, neste sábado (16), em uma pista do aeroporto internacional de Supadio, na ilha do Bornéu, Indonésia.

O incidente com o Boeing 737-800NG teria sido causado pelas chuvas intensas que atingem a região.

Ninguém se feriu. A aeronave precisou ser evacuada e a pista encerrada temporariamente, como conta a ‘Reuters’.

Em outubro do ano passado, um avião da mesma companhia caiu no mar, causando a morte de 189 pessoas. Investigações posteriores apontaram a existência de falhas de segurança no avião.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Quase 2 mil pessoas evacuadas por causa de bomba da 2ª Guerra Mundial

Artefato estava enterrado, entre o norte de Paris e a cidade vizinha de Saint Denis, desde que foi lançado, em abril de 1944

ubiie Redação

Publicado

em

Cerca de 1.800 moradores do norte de Paris e da cidade vizinha de Saint Denis foram retirados da região, hoje (17), para que as autoridades neutralizassem uma bomba da Segunda Guerra Mundial. O artefato, estava enterrado desde que foi lançado, em abril de 1944.

A operação deverá estar concluída ao início da tarde, uma vez que os especialistas farão explodir a bomba num buraco de sete metros de profundidade, protegido com sacos de terra, para tentar minimizar eventuais impactos.

O artefato também foi transferido do lugar onde foi encontrado, a 70 metros de distância, na manhã deste domingo.

A bomba, de fabricação norte-americana, provavelmente lançada por um avião britânico quando Paris estava ocupada pelos nazistas, na primavera de 1944, foi localizada no último dia 4, durante a execução de obras perto de um dos corredores ferroviários da entrada da capital francesa.

A retirada dos habitantes daquela zona, num perímetro de 300 metros em redor do local onde ocorre a operação, realizou-se entre as 6h e as 8h locais (3h e 5h do Brasil).

Além disso, as autoridades interromperam a circulação de veículos em boa parte das vias rodoviárias que atravessam a área, incluindo uma rodovia. Encerraram também linhas de metrô e trens, afetando ligações de alta velocidade internacionais, com destino a Londres e Bruxelas.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Airbus encerra produção do avião gigante A380

O último modelo será entregue em 2021

ubiie Redação

Publicado

em

A fabricante europeia Airbus anunciou nesta quinta-feira (14) que deixará de produzir o A380, o maior avião de passageiros do mundo. Em comunicado, a empresa informou que fará entregas dos últimos exemplares em 2021. A decisão foi tomada após o maior cliente da aeronave, a Emirates, reduzir pedidos e ainda substituir o A380 por modelos menores e mais econômicos.

O A380 já havia sido abandonado pelas principais companhias aéreas. No entanto, sua produção chegou a ser mantida graças a uma redução da fabricação. “Como resultado dessa decisão, não temos uma carteira de pedidos substancial do A380 e, portanto, nenhuma base para sustentar a produção, apesar de todos os esforços de vendas com outras companhias aéreas nos últimos anos. Isso levou ao fim das entregas do A380 em 2021”, disse o presidente da Airbus, Tomas Enders. A gigante aérea disse que o impacto da decisão foi “amplamente incorporado” nos resultados da empresa em 2018, que mostraram um lucro líquido para 2018 de 3 bilhões de euros, um aumento de quase 30% em relação ao ano anterior.

Além disso, a Airbus informou que entregará entre 880 e 890 novas aeronaves comerciais este ano.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
110,59
JPY +0,01%
3,73
BRL +0,85%
1EUR
Euro. European Union
=
125,21
JPY +0,25%
4,23
BRL +1,08%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
422.859,76
JPY +4,73%
14.268,43
BRL +5,52%

Tokyo
Partly Cloudy
MonTueWed
min 5°C
12/6°C
17/7°C

São Paulo
26°
Partly Cloudy
MonTueWed
28/21°C
28/20°C
28/20°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana