Siga-nos

Esportes

29

Tempo estimado para a leitura: 3minuto(s) e 14segundo(s).

Sala morreu antes de realizar sonho de jogar na Argentina

Busca por um lugar na seleção argentina representaria a chance de atuar ao lado de Lionel Messi, que deve voltar à equipe neste ano

ubiie Redação

Publicado

em

Morto, Emiliano Sala se tornou mais conhecido em seu país natal do que quando era vivo.

A queda do avião que levava o jogador de 28 anos de Nantes para Cardiff, quando sobrevoava o Canal da Mancha, mobilizou a Argentina. Tornou o atacante um nome familiar a todos os seus compatriotas, não apenas para os mais aficionados no futebol, como acontecia antes.

Sala esperava que isso acontecesse quando fosse enfim chamado para a seleção argentina. Na atual temporada europeia, ele vivia o melhor momento da carreira. A chance poderia chegar logo.

“Não é uma obsessão, mas penso nisso. Se vier a convocação, será muito bem-vinda”, reconheceu.

Com 12 gols pelo Nantes, ele disputava a artilharia do Campeonato Francês com Mbappé, Cavani e Neymar, o trio ofensivo do Paris Saint-Germain, até ser vendido para o Cardiff, da primeira divisão da Inglaterra.

Sala foi a contratação mais cara da história do clube galês, comprado por 22 milhões de euros (R$ 95 milhões).

A negociação irritou o bósnio Vahid Halilhodzic, técnico do Nantes. Ele queria manter o jogador.

“É um menino adorável e é excepcional para trabalhar. Eu gostaria que ficasse porque contamos com o futebol dele”, explicou.

A busca por um lugar na seleção argentina representaria a chance de atuar ao lado de Lionel Messi, que deve voltar à equipe neste ano. Ele está fora desde a eliminação na Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

Sala compartilhava um aspecto da carreira com o astro do Barcelona. Os dois jamais jogaram como profissionais no futebol argentino.

Nascido em Progresso, um povoado de 3.000 habitantes na província de Santa Fe (onde esta Rosário, a cidade de Messi), Sala foi descoberto aos 15 anos por olheiros do Projeto Crescer, pequena equipe de base que atua como filial do Bordeaux, clube francês da 1ª divisão.

Todos os anos ele viajava para a França, ficava três meses, passava por testes, treinamentos e voltava para Santa Fe. Até que aos 20 anos, tarde para um atleta de futebol, assinou contrato profissional pela primeira vez.

Sem que ninguém soubesse quem era na Argentina, Sala passou pelas equipes filiais do Bordeaux na França. O Orleans, na 3ª divisão, e o Niort, na 2ª. Em ambos se destacou pelos gols e teve sequências de jogos. O que não aconteceu ao enfim ser chamado pelo time dono do seu vínculo.

Cansado de esperar, pediu para ser emprestado em 2015. Seus cinco gols em 13 jogos ajudaram a manter o Caen na elite do futebol francês.

Ele começou a chamar a atenção dos outros times europeus veio no ano seguinte, já com a camisa do Nantes.

“Eu gosto de jogar em velocidade. Gosto de correr. Marcar gols nunca foi difícil para mim. Fiz isso minha vida inteira. Sei como fazer”, disse em entrevista para TV francesa.

No Cardiff, ele teria de mostrar isso. Era a aposta para a equipe escapar do rebaixamento e entraria em um elenco com dificuldade para fazer gols. Foram 19 anotados nas primeiras 19 rodadas.

Quando viajava para começar a treinar com os novos companheiros, aconteceu o acidente, que ainda não teve as causas esclarecidas.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Futebol

Morre ex-goleiro inglês campeão do mundo em 1966

Gordon Banks estava com 81 anos

ubiie Redação

Publicado

em

O ex-goleiro inglês Gordon Banks morreu nesta terça-feira (12), aos 81 anos. A informação foi divulgada pela imprensa britânica.

Com a seleção inglesa, Gordon conquistou a Copa do Mundo de 1966, disputada no Reino Unido.

O Stoke City, clube pelo qual o ex-goleiro jogou, confirmou o óbito e emitiu um comunicado.

“É com grande tristeza que anunciamos que Gordon faleceu pacificamente da noite para o dia. Estamos devastados por perdê-lo, mas temos tantas lembranças felizes e não poderíamos ter mais orgulho dele. Pedimos que a privacidade da família seja respeitada neste momento”, diz o clube.

0
0
Continuar lendo

Futebol

Presidente do Barcelona descarta volta de Neymar: ‘Não está na mesa’

Josep Maria Bartomeu ressaltou ainda que não foi procurado pelo jogador e pelo pai dele

ubiie Redação

Publicado

em

Na véspera do clássico contra o Real Madrid, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Rei, o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, concedeu entrevista à rádio espanhola “Cadena Cope” e negou a possibilidade do retorno de Neymar ao clube na próxima temporada.

“Nunca falei com ele. E nem ele e nem o pai do jogador falaram comigo para voltar ao Barça. Eles não me ligaram”, disse Bartomeu, nesta terça-feira (5). E o cartola não parou por aí sobre o assunto.

“Estamos nos preparando para a próxima temporada e o nome do Neymar não está na mesa, até porque estamos falando de um jogador do PSG e eu não acho que o PSG queira se livrar de um jogador como ele”, disse o presidente do clube catalão.

Vale lembrar que em novembro do ano passado, o jornal “Mundo Deportivo” publicou que se Neymar quiser voltar para a Catalunha, a iniciativa terá que ser do próprio craque.

0
0
Continuar lendo

Esportes

Lutadora do UFC reage a assalto e domina ladrão com ‘mata-leão’

A arma que o suspeito portava era de papelão

ubiie Redação

Publicado

em

Um ladrão que tentou roubar o celular da lutadora Polyana Viana, do UFC, não teve um final feliz. A vítima, ao perceber que o suspeito não teria tempo suficiente para sacar a arma, reagiu ao assalto, no último sábado (5), em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. O rapaz terminou sendo dominado por Polyana, que esperava um Uber na porta de casa.

“Quando ele viu que eu tinha percebido a presença dele, ele estava bem perto de mim. Ele me perguntou as horas. Eu disse, mas vi que ele não foi embora. Então pus o celular na minha cintura. Aí me me disse: ‘Me passa o celular. Não tente reagir, estou armado’. Ele pôs a mão sobre o parecia ser uma arma, mas percebi que estava maleável. Ele estava bem perto de mim. Foi quando pensei: se é uma arma, ele não terá tempo de sacá-la. E dei dois socos e um chute. Ele caiu e o detive com um mata-leão”, explicou a lutadora.

Segundo informações do “O Globo”, o ladrão foi mantido dominado com uma chave de braço até a chegada a polícia. Ainda conforme a reportagem, a “arma” era feita de papelão.


Assaltante disse que estava armado quando abordou a lutadora do UFC


Polyana reagiu ao assalto com socos, chutes e, por fim, um mata-leão

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
110,59
JPY +0,01%
3,73
BRL +0,85%
1EUR
Euro. European Union
=
125,21
JPY +0,25%
4,23
BRL +1,08%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
422.859,76
JPY +4,73%
14.268,43
BRL +5,52%

Tokyo
Partly Cloudy
MonTueWed
min 5°C
12/6°C
17/7°C

São Paulo
26°
Mostly Cloudy
MonTueWed
28/21°C
28/20°C
28/20°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana