Siga-nos

Mundo

96

Tempo estimado para a leitura: 2minuto(s) e 9segundo(s).

Venezuela recebe equipamentos militares russos do mais alto nível, afirma Maduro

O presidente reeleito da Venezuela, Nicolás Maduro, disse durante uma entrevista concedida com exclusividade à Sputnik, que recebe equipamento militar da Rússia com regularidade, afirmando ainda que tem pago todos os empréstimos no prazo estipulado.

ubiie Redação

Publicado

em

Questionado sobre a veracidade dos pedidos de ajuda à Rússia, Maduro afirmou que sempre recebeu apoio russo em todos os setores e que há de fato uma cooperação.

“O presidente Vladimir Putin sempre nos forneceu assistência da Rússia em todos os sentidos, e nós a aceitamos com gratidão. O que pedi ao presidente Putin foi que nos mantivéssemos em contato constante, para termos todo o apoio diplomático e político da ONU e para proteger a verdade venezuelana a nível internacional”, declarou o chefe de Estado venezuelano.

Cooperação russo-venezuelana

Maduro afirma que, durante seu diálogo com o presidente russo, Putin disse que ambas as nações reforçariam a cooperação nos setores econômico, comercial, petrolífero, militares e em todas as áreas.

“Em termos de cooperação militar, temos equipamentos russos do mais alto nível, na Venezuela se encontram os sistemas de armas mais avançados, eles estão bem posicionados, todo o nosso pessoal está trabalhando, eles foram treinados na Rússia. Temos uma relação muito boa em termos de cooperação militar com Putin”, enunciou.

Ao ser perguntado sobre a proposta de novos pedidos de armamentos, o líder venezuelano alega que a estratégia é sempre melhorar a cooperação para que se avance na segurança do país.

“Sempre temos planos para avançar na cooperação para melhorar a defesa aérea, a artilharia e os sistemas de mísseis. Nós sempre avançaremos aqui. A Venezuela receberá os armamentos mais avançadas do mundo”, disse Maduro, adicionando que as armas chegam ao país todos os meses.

Venezuela sempre paga no prazo

“Temos boas relações financeiras com a China e a Rússia, e elas irão se desenvolver, relações sobre o financiamento da cooperação no setor do trigo, por exemplo. [A China e a Rússia] estão financiando e nós estamos pagando no prazo”, expressou.

Maduro declarou ainda que o “trigo russo tem sido muito bem sucedido na Venezuela”, e que essa colaboração garante ao país latino-americano independência alimentar e segurança.

“A China está financiando a produção de petróleo e espera aumentar o financiamento nos próximos meses. Contamos com o forte apoio da China e da Rússia para o desenvolvimento econômico da Venezuela.”

“A Venezuela sempre paga no prazo”, respondeu Maduro sobre se os empréstimos concedidos pela Rússia e China serão reembolsados.
A crise política venezuelana se agravou no dia 23 de janeiro, depois que o chefe da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, se autodeclarou presidente interino do país durante um ato realizado nas ruas de Caracas.

A Rússia, China, Irã e Turquia reafirmaram seu apoio ao atual governo venezuelano de Maduro, enquanto vários países latino-americanos, alinhados com os EUA e UE, ignoraram o atual presidente eleito, expressando seu apoio a Guaidó. O México e o Uruguai, no entanto, oferecem assistência para mediar uma solução política para a crise.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Mundo

Doações para reconstrução de Notre-Dame somam US$ 900 milhões

O incêndio devastou a estrutura histórica, destruindo a torre e de dois terços do teto

ubiie Redação

Publicado

em

Doações estão sendo feitas em todo o mundo visando reconstruir a Catedral de Notre-Dame, em Paris, que foi seriamente danificada por um incêndio. Segundo a imprensa francesa, já foram arrecadados 900 milhões de dólares.

O incêndio – ocorrido na segunda-feira, dia 15 – devastou a estrutura histórica, destruindo a torre e de dois terços do teto.

Empresas da França são líderes em contribuições para os esforços de captação de recursos.

Um conglomerado de produtos de luxo, o fundador de uma grande empresa de cosméticos e uma petroleira, entre outros, se comprometeram a fazer doações substanciais.

Universidades e uma gigante de tecnologia da informação dos Estados Unidos também contribuíram.

Mais de 1.500 pessoas em 50 países também efetuaram doações no valor de 80 mil dólares até o momento em um site de arrecadação na internet aprovado por autoridades francesas.

O presidente da França, Emmanuel Macron, se comprometeu a reconstruir a catedral em cinco anos, quando Paris sediará os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Verão.

Macron estimou que serão necessários 850 milhões de dólares para a reconstrução. No entanto, ainda não está claro quanto tempo vai levar para reconstruir Notre-Dame.

De acordo com especialistas, o trabalho pode levar décadas.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Ex-presidente do Peru morre após dar tiro na cabeça ao ser preso

Alan García era acusado de corrupção em caso envolvendo a empresa brasileira Odebrecht

ubiie Redação

Publicado

em

O ex-presidente do Peru Alan García morreu hoje (17) durante cirurgia, depois de dar um tiro na cabeça ao receber ordem de prisão em sua casa, no bairro Miraflores, em Lima. Ele era acusado de corrupção em caso envolvendo a empresa brasileira Odebrecht. García foi levado com urgência ao Hospital Casimiro Ulloa, na capital peruana, mas não resistiu.

De acordo com informações médicas, o ex-presidente, 69 anos, teve três paradas cardíacas e foi reanimado. Ele deu entrada no hospital às 6h45, com perfurações de entrada e saída de bala no crânio.

O presidente do Peru, Martín Vizcarra, lamentou no Twitter a morte de Alan García. “Consternado com a morte do ex-presidente. Envio minhas condolências à família e pessoas queridas”, escreveu.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Coreia do Norte anuncia teste com nova arma táctica

O teste foi supervisionado por Kim Jong-un

ubiie Redação

Publicado

em

A Coreia do Norte anunciou que testou um novo tipo de arma táctica guiada nesta quarta-feira (17). A informação foi confirmada pela KCNA, a agência de notícias norte-coreana. O lançamento desta nova arma foi supervisionado por Kim Jong-un.

Segundo a KCNA, o líder da Coreia do Norte disse que o “desenvolvimento deste sistema de armas serve como um evento de grande significância no aumento do poder de combate do Exército do Povo”.

O anúncio deste lançamento de uma nova arma segue-se às notícias que circulavam nos meios de comunicação internacionais e que davam conta de um aumento de atividade no centro de pesquisa de mísseis do regime de Pyongyang.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
111,92
JPY 0,00%
3,94
BRL 0,00%
1EUR
Euro. European Union
=
125,86
JPY 0,00%
4,43
BRL 0,00%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
595.778,39
JPY +0,56%
20.952,33
BRL +0,56%

Tokyo
15°
Mostly Cloudy
SatSunMon
min 12°C
22/15°C
23/14°C

São Paulo
24°
Fair
SatSunMon
28/17°C
30/18°C
30/19°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana