Siga-nos

Tecnologia

106

Tempo estimado para a leitura: 2minuto(s) e 50segundo(s).

Ataque hacker atinge centenas de políticos alemães

Vazamento de documentos foi descoberto nessa quinta-feira (3)

ubiie Redação

Publicado

em

Documentos internos de partidos e detalhes pessoais de centenas de políticos alemães foram publicados no Twitter, informou hoje (4) a emissora pública RBB. O ataque cibernético atingiu todas as legendas representadas no Parlamento, exceto a populista Alternativa para a Alemanha (AfD).

Foram vazados dados confidenciais de celulares, conversas privadas, endereços de políticos e outros dados particulares, assim como documentos internos de partidos. As legendas atingidas são a União Democrata Cristã (CDU), o Partido Social-Democrata (SPD), a União Social Cristã (CSU), o Partido Verde, a Esquerda e o Partido Liberal Democrático (FDP).

O vazamento de documentos foi descoberto nessa quinta-feira (3), segundo a emissora alemã. No entanto, aparentemente, os documentos foram publicados em dezembro por meio de uma conta no Twitter baseada em Hamburgo – os dados foram vazados como num calendário, com informações novas a cada dia.

A maioria das informações vazadas consistia de detalhes de contatos, como endereços e números de telefone celular. No entanto, em certos casos, também foram vazados documentos pessoais, incluindo detalhes bancários e financeiros, cartões de identificação e conversas privadas.

Nenhum dos documentos partidários continha informações altamente secretas. Os dados incluíam pedidos de emprego, memorandos partidários e listas de membros do partido. Alguns documentos tinham mais de um ano.

O ataque parece ter sido feito de forma arbitrária, pois nenhum padrão pôde ser detectado, embora nenhum partidário da AfD tenha sido vítima. Políticos estaduais e alguns artistas também foram afetados. Não está claro ainda quem foi o responsável pelo ataque cibernético e com qual a intenção os dados foram colocados na internet.

A conta no Twitter usada para os vazamentos tem em sua descrição os termos “pesquisa de segurança”, “artistas”, “sátira” e “ironia”. Desde meados de 2017, dados privados de pessoas com algum destaque são publicados na conta – supostamente com mais de 16 mil seguidores. A conta pertence a uma plataforma de internet, e o operador está sediado em Hamburgo.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Rede social

Facebook: senhas de milhões de usuários foram armazenadas indevidamente

Segundo a empresa, o problema já foi resolvido, mas os afetados serão comunicados por precaução

ubiie Redação

Publicado

em

O vice-presidente de engenharia, segurança e privacidade do Facebook, Pedro Canahuati, informou na tarde desta quinta-feira, 21, que, em janeiro, a companhia descobriu que senhas de milhões de usuários foram armazenadas em “formato legível” no sistema interno de armazenamento de dados da empresa, tendo em vista que o sistema é projetado “para sempre mascarar as senhas, usando técnicas que as tornam ilegíveis”. Canahuati afirmou, ainda, que a questão foi resolvida, mas enfatizou que, por precaução, os usuários que tiveram o armazenamento da senha alterado serão notificados.

“Essas senhas nunca estiveram visíveis para pessoas de fora do Facebook e não encontramos nenhuma evidência de que alguém internamente violou ou acessou indevidamente essas contas”, disse o executivo. De acordo com ele, a estimativa da companhia é de que serão notificados centenas de milhões de usuários do Facebook Lite, dezenas de milhões de usuários do Facebook e dezenas de milhares de usuários do Instagram.

0
0
Continuar lendo

Espaço

Asteroide Ryugu possui minerais com vestígios de água

A agência espacial do Japão revela resultados científicos da missão espacial realizada pela sonda Hayabusa-2.

ubiie Redação

Publicado

em

Na superfície do asteroide Ryugu, que está sendo explorado pela sonda japonesa Hayabusa-2, foram encontrados minerais que contêm água com elementos de oxigênio e hidrogênio, de acordo com dados do relatório da Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA), fornecidos à Sputnik.

Minerais foram descobertos durante espectroscopia de infravermelho próximo. A descoberta comprova indiretamente a teoria de que água foi trazida para a Terra do espaço, revela o relatório japonês.

De acordo com o relatório da agência japonesa, “acredita-se que asteroides da classe C [asteroides carbonáceos escuros semelhantes em espectro de meteoritos condritos, que são semelhantes na composição química com a nebulosa que originou o Sol], sendo Ryugu um deles, estão entre os corpos celestes mais prováveis que trouxeram água para a Terra”.

A sonda japonesa Hayabusa-2 foi lançada em 2014 e pousou no asteroide no dia 22 de fevereiro deste ano. O asteroide Ryugu possui 900 metros em diâmetro, e se localiza a cerca de 340 milhões de quilômetros da Terra.

Cientistas acreditam que investigação do asteroide pode conceder informações importantes e ajudar a entender ainda melhor a história da Terra.

0
0
Continuar lendo

Espaço

Experiência isola seis pessoas durante meses para testar viagem à Lua

Rússia quer enviar a primeira missão tripulada à Lua em 2031 e iniciar a construção de uma base na superfície lunar em 2034

ubiie Redação

Publicado

em

O cosmonauta russo Evgeny Tarelkin e mais cinco voluntários, dois deles norte-americanos, vão ficar isolados durante quatro meses numa experiência que visa testar como seria uma viagem à Lua.

A tripulação fictícia começou nesta terça-feira (19) a sua “clausura” num complexo experimental instalado no Instituto de Problemas Biomédicos de Moscou, na Rússia. O complexo é formado por módulos cilíndricos, cujo interior simula a superfície lunar.

Tarelkin já esteve quase cinco meses no espaço, na Estação Espacial Internacional, entre 2012 e 2013. Ele também participou de um ensaio de uma aterrissagem em Marte.

Durante quatro meses, o grupo, que só poderá se comunicar com a família uma ou duas vezes por semana, vai ensaiar a permanência na órbita lunar, caminhadas lunares, controle remoto do veículo espacial e retorno à Terra.

Esta é a segunda etapa de uma experiência que começou em 2017 e durou 17 dias. Está prevista uma terceira etapa, em 2020, que deverá durar oito meses.

A Rússia quer enviar a primeira missão tripulada à Lua em 2031 e iniciar a construção de uma base na superfície lunar em 2034.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
109,92
JPY 0,00%
3,91
BRL +0,08%
1EUR
Euro. European Union
=
124,43
JPY +0,11%
4,42
BRL +0,19%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
437.222,08
JPY –0,48%
15.546,76
BRL –0,39%

Tokyo
11°
Clear
SunMonTue
min 4°C
16/7°C
16/7°C

São Paulo
18°
Fair
SunMonTue
28/17°C
31/17°C
28/18°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana