Siga-nos

Futebol

89

Tempo estimado para a leitura: 4minuto(s) e 7segundo(s).

Palmeiras vence o Vasco e é campeão brasileiro de 2018

Com o resultado, o time alviverde não pode ser mais alcançado pelo Flamengo, vice-líder, que venceu o Cruzeiro por 2 a 0, no Mineirão

ubiie Redação

Publicado

em

O Palmeiras conquistou o seu décimo título brasileiro. Neste domingo (25), a equipe venceu o Vasco por 1 a 0, em Januário, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Deyverson no segundo tempo.

Com o resultado, o time alviverde não pode ser mais alcançado pelo Flamengo, vice-líder, que venceu o Cruzeiro por 2 a 0, no Mineirão. Faltando apenas um jogo para terminar a competição, o clube paulista tem 77 pontos – cinco a mais do que o rival.

O Palmeiras receberá o troféu no próximo domingo (2), quando recebe o Vitória, no Allianz Parque.

A taça é a segunda do Palmeiras com a fórmula de pontos corridos do Brasileiro -ganhou em 2016–, e se soma a dois títulos da Taça Brasil (1960 e 1967), dois do Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967 e 1969) e quatro outros Brasileiros (1972, 1973, 1993 e 1994). Em 2010, a CBF unificou as conquistas dos torneios nacionais realizados na década de 1960 com as do Campeonato Brasileiro, batizado assim a partir de 1971.

Assim, o Palmeiras amplia sua vantagem para o Santos Santos, que tem oito.

A conquista do título brasileiro de 2018 era algo imaginável pelos palmeirenses há quatro meses, quando o time perdeu para o Fluminense por 1 a 0 e viu sua distância para o até então líder Flamengo aumentar para oito pontos.

Na oportunidade, a diretoria demitiu Roger Machado e foi buscar Luiz Felipe Scolari, especialista em torneios mata-mata, para tentar salvar a temporada com a conquista da Copa do Brasil e/ou Copa Libertadores, que era a grande obsessão. Ele parou na semifinal nas duas competições.

Felipão colocou o Palmeiras na liderança 56 dias após fazer sua estreia pela equipe alviverde, que foi justamente diante do América-MG. Ele assumiu a ponta na 27ª rodada e não perdeu mais.

A equipe assumiu a primeira colocação contando também com tropeços de Flamengo, São Paulo e Internacional, três dos sete times que foram líderes do torneio -recorde desde 2006, quando o Brasileiro passou a ser disputado por 20 clubes no formato de pontos corridos.

No total, Felipão obteve 51 dos 70 conquistados pelo Palmeiras. O aproveitamento do treinador no Brasileiro é de 80,9%

A vitória diante do Vasco também fez o clube paulista completar 22 jogos de invencibilidade e aumentar ainda mais o recorde nos pontos corridos. Até então, a melhor marca era do Corinthians, que ficou 19 partidas sem perder na temporada passada.

O troféu conquistado neste domingo é o terceiro do clube no Allianz Parque desde 2014, quando o estádio foi reinaugurado. Antes, havia conquistado a Copa do Brasil de 2015 e o Nacional de 2016.

Os troféus coincidem com a chegada da Crefisa, que investe quase R$ 80 milhões por ano no Palmeiras, o que possibilita a montagem de um elenco forte e com peças de reposição, o que foi fundamental para a conquista do título.

Um dos motivos que levaram o clube ao título do Brasileiro foi justamente a força do seu elenco. Felipão alterou muito o time de um jogo para outro.

Neste domingo (25), ele mexeu pouco em relação ao time que venceu o América-MG na última quarta-feira. Desta vez, colocou o volante Felipe Melo e o lateral esquerdo Barbosa nos lugares de Thiago Santos e Victor Luís.

O time, porém, não demonstrou o mesmo ímpeto do jogo anterior. Não marcava sob pressão e ainda contava com Lucas Lima sem inspiração no setor de armação. Assim, só criou uma única chance na etapa inicial em um chute de Bruno Henrique, que passou perto do gol de Fernando Henrique.

Já o Vasco foi melhor. O clube carioca explorava as costas justamente de Diogo Barbosa e criou boas oportunidades. A melhor delas, Andrey desperdiçou parou em Weverton.

Com o Flamengo vencendo o Cruzeiro, o que adiava a definição do título para a última rodada, o Palmeiras voltou marcando mais no campo de ataque na etapa complementar. Com isso, melhorou e passou a rondar a área adversária, mas insistia nas jogadas aéreas.

Felipão fez duas alterações. Ele tirou Borja e Lucas Lima para as entradas de Deyverson e Gustavo Scarpa. Melhor em campo, o Palmeiras chegou ao gol com a participação de Dudu, o melhor jogador da equipe na competição.

Aos 29 minutos, o camisa sete enfiou para Willian, que se esticou e conseguiu tocar para Deyverson completar para a rede e marcar o único gol da partida.

Logo após o gol, Willian saiu machucado e Felipão colocou o volante Willian para segurar o resultado. O Palmeiras segurou a pressão do rival e conquistou o seu décimo título.

VASCO

Fernando Miguel; Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castán e Henrique (Willian Maranhão); Desábato (Raul), Andrey e Thiago Galhardo; Yago Pikachu, Kelvin (Marrony) e Maxi López.

T.: Alberto Valentim

PALMEIRAS

Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Gustavo Scarpa); Willian (Jean), Dudu e Borja (Deyverson).

T.: Luiz Felipe Scolari

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (PR)

Público/Renda: 21.066 pagantes e 21.966 presentes/R$ 596.810,00

Cartões amarelos: Desábato, Leandro Castán, Andrey e Andrés Ríos (Vasco); Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Gómez, Deyverson e Jean (Palmeiras)

Cartão vermelho: Yago Pikachu (Vasco)

Gol: Deyverson, aos 26 minutos do segundo tempo.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Futebol

Morre ex-goleiro inglês campeão do mundo em 1966

Gordon Banks estava com 81 anos

ubiie Redação

Publicado

em

O ex-goleiro inglês Gordon Banks morreu nesta terça-feira (12), aos 81 anos. A informação foi divulgada pela imprensa britânica.

Com a seleção inglesa, Gordon conquistou a Copa do Mundo de 1966, disputada no Reino Unido.

O Stoke City, clube pelo qual o ex-goleiro jogou, confirmou o óbito e emitiu um comunicado.

“É com grande tristeza que anunciamos que Gordon faleceu pacificamente da noite para o dia. Estamos devastados por perdê-lo, mas temos tantas lembranças felizes e não poderíamos ter mais orgulho dele. Pedimos que a privacidade da família seja respeitada neste momento”, diz o clube.

0
0
Continuar lendo

Futebol

Presidente do Barcelona descarta volta de Neymar: ‘Não está na mesa’

Josep Maria Bartomeu ressaltou ainda que não foi procurado pelo jogador e pelo pai dele

ubiie Redação

Publicado

em

Na véspera do clássico contra o Real Madrid, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Rei, o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, concedeu entrevista à rádio espanhola “Cadena Cope” e negou a possibilidade do retorno de Neymar ao clube na próxima temporada.

“Nunca falei com ele. E nem ele e nem o pai do jogador falaram comigo para voltar ao Barça. Eles não me ligaram”, disse Bartomeu, nesta terça-feira (5). E o cartola não parou por aí sobre o assunto.

“Estamos nos preparando para a próxima temporada e o nome do Neymar não está na mesa, até porque estamos falando de um jogador do PSG e eu não acho que o PSG queira se livrar de um jogador como ele”, disse o presidente do clube catalão.

Vale lembrar que em novembro do ano passado, o jornal “Mundo Deportivo” publicou que se Neymar quiser voltar para a Catalunha, a iniciativa terá que ser do próprio craque.

0
0
Continuar lendo

Futebol

Brasil fecha o ano na 3ª posição do ranking da Fifa; veja o top 10

O Brasil terminou o ano logo à frente da Croácia, vice-campeã do mundo

ubiie Redação

Publicado

em

O ranking da Fifa foi atualizado pela última vez neste ano, em listagem divulgada nesta quinta-feira pela entidade, e confirmou a manutenção da Bélgica como líder, mesmo posto que o país ocupava no mês passado. Com 1.727 pontos, os belgas estão um mísero ponto à frente da França, vice-líder, enquanto o Brasil continua na terceira posição, com 1.676.

A seleção belga fecha 2018 com este status no ranking depois de ter sido terceira colocada da Copa do Mundo da Rússia, na qual os franceses se sagraram bicampeões. A França, por sinal, foi destacada nesta quinta pela Fifa como o time nacional de “melhor trajetória do ano” e que subiu o maior número de pontos (165) desde dezembro de 2017.

A Bélgica, por sua vez, foi qualificada pela Fifa com a distinção de “seleção do ano” no que diz respeito ao seu ranking. O órgão lembrou que os belgas ganharam 13 dos 17 jogos que disputaram no ano e só foram derrotados uma vez, pela Suíça, em confronto válido pela recém-criada Liga das Nações da Uefa.

Eliminado nas quartas de final da Copa da Rússia justamente pela Bélgica, o Brasil terminou o ano logo à frente da Croácia, vice-campeã do mundo, quarta colocada do ranking, com 1.634 pontos. Batida pelos belgas na decisão do terceiro lugar do Mundial, a Inglaterra fecha o Top 5, com 1.631 pontos.

Portugal, Uruguai, Suíça, Espanha e Dinamarca encerram, nesta ordem, o grupo dos dez primeiros colocados da listagem, que não contou com alterações de posições em seu Top 100 nesta quinta-feira, tendo em vista o fato de que não houve confrontos relevantes entre seleções após a atualização anterior da listagem, ocorrida em 29 de novembro.

Grande vencedora do ano, a França ganhou 12 dos 18 jogos que disputou com a sua seleção principal, sendo o mais importante deles o triunfo obtido sobre a Croácia na decisão da Copa. E os franceses só foram derrotados por duas vezes em 2018, em partidas contra Colômbia e Holanda. A próxima atualização do ranking da Fifa ocorrerá em 7 de fevereiro de 2019.

Confira a lista dos 20 primeiros colocados do ranking da Fifa:

1º Bélgica, 1.727 pontos

2º França, 1.726

3º Brasil, 1.676

4º Croácia, 1.634

5º Inglaterra, 1.631

6º Portugal, 1.614

7º Uruguai, 1.609

8º Suíça, 1.599

9º Espanha, 1.591

10º Dinamarca, 1.589

11º Argentina, 1.582

12º Colômbia, 1.575

13º Chile, 1.565

14º Suécia, 1.560

14º Holanda, 1.560

16º Alemanha, 1.558

17º México, 1.540

18º Itália, 1.539

19º País de Gales, 1.525

20º Polônia, 1.518

20º Peru, 1.518

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
110,74
JPY +0,03%
3,77
BRL +0,01%
1EUR
Euro. European Union
=
125,65
JPY +0,08%
4,28
BRL +0,06%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
432.869,78
JPY –0,12%
14.729,95
BRL –0,14%

Tokyo
10°
Mostly Cloudy
FriSatSun
min 6°C
13/2°C
12/6°C

São Paulo
21°
Mostly Cloudy
FriSatSun
28/21°C
31/23°C
32/23°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana