Siga-nos

Famosos

386

Tempo estimado para a leitura: 1minuto(s) e 31segundo(s).

Fernanda Montenegro sobre Bolsonaro: ‘Ele não está lá por um milagre’

Na visão da atriz, quem votou no candidato do PSL não quer exatamente a volta do autoritarismo, mas, sim, que a sociedade melhore

ubiie Redação

Publicado

em

A atriz Fernanda Montenegro, de 89 anos, que foi ameaçada de morte durante a ditadura militar, falou ao UOL pela primeira vez sobre Jair Bolsonaro, eleito presidente do Brasil em segundo turno no último domingo (28).

“Eu não posso falar sobre o futuro. Eu posso falar sobre o presente. Ele não está lá por um milagre. Os brasileiros votaram mais nele do que no outro candidato. A pergunta é: corresponderá este homem a este voto de credibilidade que a maioria deu a ele?”, disse a atriz ao UOL.

Para Fernanda, quem votou no candidato do PSL não quer exatamente a volta do autoritarismo, mas, sim, que a sociedade melhore.

“Não acredito que quem deu um voto a ele exija que ele vire um fascista enlouquecido, porque se isso acontecer, haverá uma reação. Senão estaríamos em um regime militar até hoje. Demorou muito para acabar [a ditadura], mas acabou.”

“Eu não quero falar de Bolsonaro, eu quero falar sobre este voto de credibilidade para que todo um atendimento social exista. Que a saúde exista, o saneamento básico, a creche, os empregos existam. [Ele] Está chegando ao poder porque existem milhões de desempregados”, afirmou.

Fernanda continuou: “Eu sei que, se não houver uma correspondência, uma harmonia e um atendimento nas necessidades sociais, [a credibilidade] pode parar no meio do caminho.”

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Famosos

Paula é intimada pela polícia para esclarecer declarações no ‘BBB19’

A vencedora do ‘BBB’ foi intimada para prestar esclarecimentos na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi)

ubiie Redação

Publicado

em

Vencedora do ‘Big Brother Brasil 19’, da Globo, Paula Von Sperling foi intimada para prestar esclarecimentos na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) na próxima semana. A mineira, que ganhou R$ 1,5 milhão, é investigada pelo crime de injúria por preconceito baseada em intolerância religiosa dentro do reality show.

De acordo com informações do site ‘UOL’, a assessoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro afirmou que Paula deverá comparecer ao órgão na quarta-feira (17), para prestar seu depoimento.

Tudo começou durante uma conversa em 6 de fevereiro, dentro do reality show, quando Paula fez uma série de comentários que foram considerados por alguns participantes, telespectadores e internautas como racistas. Para Diego e Hariany, a sister afirmou ter medo de Rodrigo por ele ter contato “com esse negócio de Oxum” e disse: “Nosso Deus é mais forte”.

Segundo o delegado que está a frente do caso, se a jovem for considerada culpada, ela pode pegar até três anos de pena. A advogada Mônica von Sperling, irmã de Paula, disse que a família está preparada para qualquer denúncia de Rodrigo. Até agora, Paula não comentou sobre o caso.

0
0
Continuar lendo

Famosos

Muito meiga ou muito sexy? Emily Ratajkowski lança novas FOTOS para o coração de fãs

A famosa modelo e atriz norte-americana de origem britânica Emily Ratajkowski compartilhou com os seguidores suas novas fotos, que podem deixar qualquer cara louco.

ubiie Redação

Publicado

em

Na primeira delas, Emily aparece diante dos fãs em calcinha e camisa sexy bordô às bolinhas, abraçando um pug preto. Em apenas três horas a foto obteve quase 700.000 curtidas na conta Instagram da garota.

View this post on Instagram

Desert Shrimp

A post shared by Emily Ratajkowski (@emrata) on

É indiscutível que ela parece muito meiga nessa imagem e ao mesmo tempo incrivelmente sexy, porque não está usando nada mais.

Noutra foto publicada há alguns dias, Emily olha para seus seguidores através do espelho, usando um vestido amarelo com um decote sedutor. Uma trança sublinha as feições muito bonitas do seu rosto.

0
0
Continuar lendo

Famosos

Guedes é senhor e merece respeito, diz Bonde do Tigrão após tchutchuca

O texto, publicado no Facebook oficial da banda, afirma que o vocalista do grupo, Leandrinho, ficou “surpreso com o ocorrido e lamenta o ocorrido”

ubiie Redação

Publicado

em

O grupo Bonde do Tigrão, criador da música “Tchu Tchuca”, diz que lamenta o fato de a letra de uma suas músicas ter sido usada contra o ministro da Economia, Paulo Guedes.

O texto, publicado no Facebook oficial da banda, afirma que o vocalista do grupo, Leandrinho, ficou “surpreso com o ocorrido e lamenta pelo fato do deputado em questão ter desrespeitado o ministro Paulo Guedes, que além de ser uma autoridade é um senhor de idade e merece respeito”.

Na quarta (3), a reunião da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara com o ministro Paulo Guedes (Economia) foi encerrada após o deputado Zeca Dirceu (PT-PR) afirmar que o ministro é “tigrão” com uns e “tchutchuca” com outros, sugerindo que Guedes privilegia banqueiros e rentistas.

Guedes também reagiu e revidou: “Tchutchuca é a mãe, tchutchuca é a avó!”.

Após o bate-boca, a sessão foi encerrada antes mesmo que metade dos deputados inscritos conseguissem falar.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
111,92
JPY 0,00%
3,94
BRL 0,00%
1EUR
Euro. European Union
=
125,86
JPY 0,00%
4,43
BRL 0,00%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
595.778,39
JPY +0,56%
20.952,33
BRL +0,56%

Tokyo
15°
Mostly Cloudy
SatSunMon
min 12°C
22/15°C
23/14°C

São Paulo
24°
Fair
SatSunMon
28/17°C
30/18°C
30/19°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana