Siga-nos

Futebol

344

Tempo estimado para a leitura: 3minuto(s) e 44segundo(s).

Contra a Argentina, Tite faz esboço da seleção para Copa América

O duelo é chamado de Superclássico das Américas. Em caso de empate, haverá disputa de pênaltis para definir o vencedor, que receberá troféu

ubiie Redação

Publicado

em

A seleção brasileira terá o primeiro grande teste no ciclo para a Copa do Mundo-2022 nesta terça (16), às 15h, quando enfrenta a Argentina no estádio King Abdullah, em Jeddah, Arábia Saudita.

Pelo menos é assim que o amistoso contra os rivais é visto por Tite, que atualmente tem como objetivo principal a montagem do time para a Copa América que será realizada no Brasil, em junho de 2019.

Tanto é que pela primeira vez desde agosto de 2016, quando assumiu o comando da seleção, o treinador não divulgou de forma antecipada a escalação da equipe.

“Eu vou deixar esse componente [mistério]. Não me sinto tão confortável, mas farei isso desta vez. Não quero, se não tenho os atletas definidos, dar ao adversário a oportunidade de conhecer a escalação. Estamos testando novos nomes, novo esquema, então vamos deixar o adversário sem saber disso”, disse Tite.

O duelo é chamado de Superclássico das Américas. Em caso de empate, haverá disputa de pênaltis para definir o vencedor, que receberá troféu.

“Brasil e Argentina não tem friendly game [jogo amigável] nunca. [O amistoso] Tem uma característica de rivalidade, mas não pode transcender. São equipes que estão se reformulando, mas a Argentina seguramente não vai abrir mão de seus principais atletas, tampouco nós”, completou.

Apesar de fazer mistério, Tite escalará o que hoje é sua formação considerada principal. Ele definiu a equipe após três vitórias em ritmo de treino em amistosos contra seleções de baixo nível técnico (Estados Unidos, 2 a 0, El Salvador, 5 a 0, e Arábia Saudita, 2 a 0) e mais de 28 jogadores utilizados neste novo ciclo.

A base da equipe será a que disputou a Copa do Mundo.

Dos 23 convocados para o Mundial, 9 não estão na Arábia Saudita: o zagueiro Pedro Geromel, os meios-campistas Paulinho e Fernandinho, o goleiro Cássio e o atacante Taison, que ainda não foram chamados desde a eliminação na Copa, além do zagueiro Thiago Silva, dos laterais Fagner e Marcelo e dos atacantes Willian e Douglas Costa.

Fagner não foi convocado porque o Corinthians está na final da Copa do Brasil, e Marcelo foi cortado por lesão.

Thiago Silva, Willian e Douglas Costa foram chamados para os dois primeiros amistosos, mas ficaram fora dos confrontos na Ásia. O último não foi convocado por indisciplina, após cuspir em um adversário em jogo da Juventus (ITA) e receber suspensão.

Como não deverá fazer experiências, já que não vê o jogo como um simples amistoso, Tite usará a formação tática do duelo contra a Arábia Saudita. Assim, escalará um trio de jogadores com características de marcação e outro ofensivo. O quarteto de atacantes, utilizado na Copa, por ora fica em segundo plano.

Desta vez, o meio de campo deverá ter Casemiro, Renato Augusto e Arthur, o único do setor que não esteve no Mundial da Rússia. O jogador do Barcelona deve substituir Fred, que foi titular contra a Arábia Saudita, quando Tite aproveitou para fazer testes.

“Essa questão de entrosamento nós pegamos pouco a pouco nos treinos. Tenho um pouco mais com o Coutinho pela convivência no dia a dia [pelo Barcelona]”, disse Arthur sobre o amistoso.

Já o setor ofensivo deverá ter Coutinho aberto pela direita, Neymar do lado esquerdo e Firmino centralizado. O atacante do Liverpool entraria na vaga de Gabriel Jesus, que começou diante dos sauditas e marcou gol que encerrou jejum de cinco jogos na seleção.

O sistema defensivo também terá como base o time da Copa. Na direita, a dúvida é entre Danilo, que só fez um jogo como titular na atual temporada europeia após a lesão no tornozelo esquerdo sofrida durante o Mundial, e Fabinho. A linha de quatro ainda terá Marquinhos, Miranda e Filipe Luís, convocado para o lugar de Marcelo.

Dupla titular em boa parte das eliminatórias, quando o Brasil emplacou nove vitórias consecutivas, Marquinhos e Miranda voltam a iniciar uma partida após 11 meses. O zagueiro do Paris Saint-Germain perdeu a posição para Thiago Silva, companheiro de clube, às vésperas da Copa

BRASILAlisson; Danilo, Marquinhos, Miranda, Filipe Luís; Casemiro; Arthur (Fred), Renato Augusto, Philippe Coutinho; Roberto Firmino, Neymar. T.: Tite

ARGENTINARomero; Saravia, Otamendi, Pezzella, Tagliagico; Battaglia, Paredes, Lo Celso, Dybala; Icardi, Lautaro Martínez. T.: Lionel ScaloniEstádio: King Abdullah, em Jeddah (Arábia Saudita)

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Futebol

Messi afirma que Barcelona ‘deixou imagem espetacular’ em classificação

Messi afirmou que o time se classificou na competição “deixando uma imagem espetacular”

ubiie Redação

Publicado

em

Destaque da vitória sobre o Manchester United por 3 a 0, nesta terça-feira, no Camp Nou, que colocou o Barcelona na semifinal da Liga dos Campeões, Messi afirmou que o time se classificou na competição “deixando uma imagem espetacular”.

“Mostramos o que somos e demos uma imagem espetacular fazendo uma grande partida”, afirmou o craque argentino, que marcou duas vezes. O brasileiro Philippe Coutinho fez o terceiro e fechou o placar.

Apesar de satisfeito com o resultado, Messi criticou o desempenho da equipe nos primeiros minutos da partida. Marcus Rashford teve chance de abrir o placar, mas parou no travessão. “Entramos frios e nervosos nos primeiros cinco minutos e foi um pouco estranho até que recuperamos o controle do jogo e veio o primeiro gol.”

O argentino relembrou o confronto diante da Roma na temporada passada, quando o Barcelona acabou eliminado da Liga dos Campeões com uma derrota por 3 a 0, mesmo depois de vencer por 4 a 1, na ida, no Camp Nou.

“Não podemos sair para o jogo assim em uma partida de Liga dos Campeões, porque temos a experiência do jogo contra a Roma e poderia ter complicado nossa classificação, porque cinco minutos ruins te deixam fora”, afirmou Messi.

Após o susto inicial, o Barcelona abriu o placar aos 16 minutos, em uma jogada individual do argentino. O segundo saiu quatro minutos depois, novamente com Messi, que contou com um erro do goleiro De Gea.

“A jogada do primeiro gol nos deu força e depois, no segundo, tivemos um pouco mais de sorte, mas conseguimos o objetivo de avançar às quartas e chegar às semifinais, que fazia tempo que não conseguíamos”, disse o craque.

Em relação ao adversário da semifinal, Messi desconversou. O Barcelona vai enfrentar o vencedor de Porto e Liverpool, que se enfrentam nesta quarta-feira, em Portugal. Na ida, na Inglaterra, vitória do time da casa por 2 a 0. “Vai ser complicado porque estão os melhores, os que merecem e será dificílimo”, concluiu o craque argentino.

0
0
Continuar lendo

Futebol

França goleia Moldávia na estreia nas Eliminatórias da Eurocopa

Diante da diferença técnica entre as equipes, a França até demorou para abrir vantagem nesta sexta-feira.

ubiie Redação

Publicado

em

Atual campeã mundial, a seleção francesa começou bem a participação nas Eliminatórias da Eurocopa de 2020. Fora de casa, em Chisinau, marcou três vezes nos 36 minutos iniciais, e goleou a Moldávia por 4 a 1, pela primeira rodada do Grupo H do torneio qualificatório.

Diante da diferença técnica entre as equipes, a França até demorou para abrir vantagem nesta sexta-feira. E foi com um golaço, aos 24 minutos, quando Pogba deu passe de cavadinha para Griezmann, que bateu de primeira para fazer 1 a 0. O segundo gol francês saiu logo depois, aos 27. Dessa vez, Griezmann cobrou escanteio e Varane marcou de cabeça.

A França voltou a marcar aos 36, com Giroud, após cruzamento, levando a França a ir ao intervalo em vantagem de 3 a 0. Foi o 34º gol dele pela seleção, o que o deixou empatado com Trezeguet como terceiro maior artilheiro da história da equipe, ainda atrás de Henry e Platini.

A equipe dirigida por Didier Deschamps, então, diminuiu o ritmo no segundo tempo, mas ainda assim marcou outra vez, dessa vez com Mbappé, aos 42 minutos. E a Moldávia diminuiu aos 44, com Vladimir Ambros aproveitando rebote.

Assim ocorreu com a seleção francesa, as seleções visitantes se deram melhor nos outros dois duelos do Grupo H nesta sexta. Na Albânia, a Turquia venceu por 2 a 0, com gols marcados por Burak Yilmaz, aos 21 minutos do primeiro tempo, e Hakan Calhanoglu, aos 11 minutos da etapa final.

Já em Andorra, a Islândia, surpresa da Eurocopa de 2016, também triunfou por 2 a 0. E os seus gols foram marcados por Birkir Bjarnason, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Kjartansson, aos 35 da etapa final.

A segunda rodada do Grupo H vai ser realizada na próxima segunda. A França, no Stade de France, receberá a Islândia. Andorra atuará novamente em casa, dessa vez contra a Albânia. E A Turquia buscará o seu segundo triunfo na competição classificatória em duelo com a Moldávia.

0
0
Continuar lendo

Futebol

Real Madrid sofre, mas volta a vencer e Solari ganha “respiro”

Madrilenhos bateral o Valladolid por 4 a 1

ubiie Redação

Publicado

em

O Real Madrid reencontrou o caminho da vitória na tarde deste domingo (10) e dá certa paz principalmente ao técnico Santiago Solari, pressionado no cargo. Apesar de sofrer bastante, os merengues viraram para cima do Valladolid e venceram por 4 a 1 o duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Espanhol. Varane, Benzema, duas vezes, e Modric, marcaram para o Real. Antes, Anuar abriu o placar para a equipe mandante no Estádio José Zorrilla.

É fato que o Madrid tinha uma série de desfalques e foi a campo com vários reservas, mas a má fase pesou no desempenho do clube no primeiro tempo. Até virar a partida e deslanchar, o time de Solari sofreu e contou com a ajuda do VAR (árbitro de vídeo) e da sorte para voltar a vencer. Guardiola teve dois gols bem anulados por posição de impedimento, enquanto Alcaraz isolou pênalti batido diante de Courtois.

Vinícius Júnior, Bale, Carvajal e Vázquez, machucados, foram ausências, assim como Sergio Ramos, suspenso – o zagueiro inclusive vem sendo pivô de algumas polêmicas. De acordo com o jornal “Marca”, ele e o lateral brasileiro Marcelo se desentenderam no treino de ontem. O Real vai a 51 pontos no Espanhol, mantém a terceira posição, mas fica a 12 de distância para o líder Barcelona.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
111,94
JPY +0,02%
3,94
BRL +0,21%
1EUR
Euro. European Union
=
126,01
JPY +0,14%
4,43
BRL +0,32%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
601.621,15
JPY +1,32%
21.157,02
BRL +1,51%

Tokyo
16°
Mostly Cloudy
TueWedThu
23/16°C
21/18°C
24/17°C

São Paulo
22°
Mostly Cloudy
MonTueWed
min 20°C
26/19°C
27/19°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana