Siga-nos

Mundo

36

Tempo estimado para a leitura: 2minuto(s) e 37segundo(s).

Suspeito de estuprar e matar jornalista búlgara é preso na Alemanha

Severin Nadezhdov Krassimirov, 21 anos, deve ser extraditado

ubiie Redação

Publicado

em

Um suspeito de estuprar e assassinar a jornalista búlgara Viktoria Marinova foi preso na madrugada desta quarta-feira (10), a 60 quilômetros de Hamburgo, no norte da Alemanha.

O indivíduo se chama Severin Nadezhdov Krassimirov, de 21 anos, e tem passagens pela polícia por furto de metais. A prisão foi confirmada pelo primeiro-ministro búlgaro, Boyko Borisov, pelo ministro do Interior Mladen Marinov e pelo procurador-geral Sotir Tsatsarov.

As autoridades também disseram que já encontraram o DNA da vítima nas roupas do suspeito. Krassimirov, que vive em Ruse, cidade palco do crime, deve ser extraditado pela Alemanha, onde sua mãe reside e trabalha.

O crime ocorreu no último sábado (6), em um parque onde Marinova, 30 anos, costumava se exercitar. Seu corpo foi encontrado às margens do rio Danúbio, com sinais de estrangulamento e violência sexual. O suspeito romeno foi detido na última terça (9) e liberado após interrogatório.

A jornalista trabalhava na emissora privada “TVN” e denunciou supostas fraudes no repasse de recursos da União Europeia para a Bulgária. Nos últimos 12 meses, três repórteres foram assassinados na UE.

Em outubro de 2017, Daphne Caruana Galizia foi vítima de uma bomba em seu carro em Malta, após publicar denúncias de corrupção no governo do primeiro-ministro Joseph Muscat.

Já em fevereiro passado, Ján Kuciak foi assassinado na Eslováquia com sua namorada, Martina Kusnirova. Ele também apurava irregularidades no repasse de recursos europeus, e o caso levou à renúncia do premier Robert Fico. (ANSA)

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Mundo

Como falha na distribuição de água acabou com a maior cidade do mundo?

No ano de 1200, a maior cidade do mundo, com uma área de 1.000 km², era considerada Angkor, onde hoje se localiza o território do Camboja.

ubiie Redação

Publicado

em

Durante cem anos, o povoado construiu e expandiu suas redes de canais, diques, barragens, poços e outras estruturas importantes para a administração da água. Porém, no século XV, misteriosamente muitos plebeus e o rei de Angkor abandonaram a cidade.

Especialistas atribuem o fato a uma possível guerra com um reino vizinho, localizado na atual Tailândia, além de uma provável substituição do hinduísmo pelo budismo.

Outra hipótese sugere que o desaparecimento esteja ligado a inesperadas inundações, seguidas por décadas de chuvas escassas, que acabaram desencadeando uma série de falhas no maior sistema aquífero do mundo pré-industrial, de acordo com a revista Science Advances.

O coautor da pesquisa e geofísico da Universidade de Sidney (Austrália), Dan Penny, desenvolveu junto com outros cientistas um modelo computadorizado de como a mudança rápida nos períodos de chuvas poderia ter afetado o sistema de distribuição de água da cidade.

Com a ajuda de várias simulações, descobriu-se que os canais começaram a se corroer e se alargar devido ao volume do fluxo d’água.
Por causa disso, a água foi desviada de forma desigual pelas intersecções da rede, reabastecendo apenas alguns canais. A distribuição irregular foi ainda mais afetada devido aos sedimentos que foram se acumulando nos canais.

Como resultado destes diversos fenômenos, ocorreu uma falha total da rede de água, contribuindo para o desaparecimento de Angkor, de acordo com pesquisadores.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Banksy planejava picotar o quadro todo, mas só cortou metade

O trabalho do misterioso artista britânico foi leiloado pela casa de leilões Sotheby’s no início de outubro

ubiie Redação

Publicado

em

O artista Banksy divulgou um vídeo que faz um “making of” do processo que levou à autodestruição do quadro “Balloon Girl” (Menina com Balão) e revela que houve uma falha de execução.

O trabalho do misterioso artista britânico foi leiloado pela casa de leilões Sotheby’s no início de outubro, em Londres, por cerca de R$ 5 milhões. Logo após a batida do martelo, a obra deslizou por um triturador de papel escondido na parte inferior da moldura e foi parcialmente rasgada.

O vídeo mostra uma pessoa não identificada apertando um botão que supostamente acionou o triturador de papel.O artista havia planejado picotar verticalmente a obra inteira, da base até o topo, mas houve uma falha. Ao final do vídeo, surge a frase escrita “nos ensaios, funcionou todas as vezes”, revelando uma versão de “Balloon Girl” sendo completamente picotada.

“Banksy não destruiu uma obra de arte no leilão, ele criou uma”, disse o diretor da Sotheby’s, Alex Branczik, em comunicado.”

Após sua intervenção surpresa, temos o prazer de confirmar a compra da obra recém-intitulada ‘Love Is In The Bin’, a primeira obra de arte na história a ser criada ao vivo, durante um leilão.””Quando o martelo bateu e o trabalho foi picotado, de início eu fiquei chocada, mas gradualmente comecei a perceber que teria em mãos um pedaço da história da arte”, disse a compradora ao Guardian.”Pode-se dizer que a obra vale mais agora”, disse Branczik.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Caças japoneses levantam voo para escoltar aviões antissubmarino russos

Caças japoneses levantaram voo nesta quinta-feira (18) após alerta para escoltar aviões antissubmarino russos Il-38 que se haviam aproximado da fronteira do Japão, informou o Estado-Maior Conjunto das Forças de Autodefesa do país.

ubiie Redação

Publicado

em

Segundo o comunicado, os aviões russos sobrevoaram a costa ocidental do Japão sem violar seu espaço aéreo.

Esta não foi a primeira vez que o Japão escoltou aviões russos. Em 19 de setembro, Tóquio afirmou ter ocorrido um caso semelhante com caças Su-27 e Su-24 e com mais um avião não identificado “supostamente russo”. No início de setembro, o Estado-Maior Conjunto relatou sobre a aproximação entre quatro caças nipônicos, dois Tu-142 e um Su-24 russos.
Anteriormente, Moscou avisou Tóquio sobre manobras de lançamentos de mísseis na área da ilha Iturup, arquipélago das ilhas Curilas, no fim de outubro. Devido a isso, o Japão apresentou um protesto por duas vezes.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
112,55
JPY 0,00%
3,71
BRL –0,01%
1EUR
Euro. European Union
=
129,59
JPY –0,12%
4,27
BRL –0,13%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
726.415,27
JPY +0,32%
23.961,40
BRL +0,31%

Tokyo
13°
Sunny
MonTueWed
22/14°C
22/15°C
24/14°C

São Paulo
16°
Mostly Cloudy
SunMonTue
min 13°C
27/16°C
28/17°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana