Siga-nos

Famosos

302

Tempo estimado para a leitura: 2minuto(s) e 46segundo(s).

Alexandre Frota é condenado a pagar R$ 50 mil por xingar Chico Buarque

Segundo o advogado de Chico, a condenação tem um “caráter pedagógico”

ubiie Redação

Publicado

em

O ator e candidato a deputado federal Alexandre Frota (PSL) foi condenado a pagar R$ 50 mil a Chico Buarque por ter chamado o músico de “filho da puta” em seu perfil numa rede social, em outubro de 2017.

Segundo o advogado de Chico, a condenação tem um “caráter pedagógico”. “Alexandre Frota busca fazer política destilando ódio e mentiras nas redes sociais. A sociedade brasileira não pode tolerar mais esse tipo de conduta e esse é o recado principal da sentença”, afirma João Tancredo, que o defendeu o músico no processo que tramita na 36ª Vara Cível do Rio de Janeiro. Alinhado à direita e apoiador da candidatura presidencial de Jair Bolsonaro, Frota ataca as posições à esquerda de Chico Buarque.

Na sentença, a que a Folha de S.Paulo teve acesso, o juiz Rossidelio Lopes da Fonte escreve que o candidato a deputado, “para agradar a alguns setores políticos que pensam de forma, semelhada imputou ao autor, que é artista nacionalmente conhecido, além de xingamento chulo o cometimento de crime expondo ainda a foto do artista sem sua autorização”.

A imputação de crime, no caso, se refere ao fato de Frota ter chamado Chico de ladrão. “As ofensas foram gravíssimas e as acusações completamente falsas”, diz Tancredo.

A postagem foi um tuíte que apresentava uma colagem de fotos de Chico, Caetano Veloso e Gilberto Gil, chamados de “merdas” e “filhos da puta”. Por decisão da Justiça, Frota apagou a postagem poucos dias depois de publicá-la.

“Independente de ter sido apagado, o tuíte repercutiu bastante e configurou sérios danos morais”, afirma o advogado. Ainda cabe recurso da decisão de primeira instância, incluindo para Chico, que pediu um ressarcimento maior do que o atendido -o pedido na ação foi R$ 100 mil, além da publicação da sentença em jornais e nas redes sociais, o que não foi aceito pelo juiz. Procurado por meio de sua esposa e de seu advogado, Alexandre Frota não comentou a decisão.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Famosos

Lenda dos palcos, atriz e cantora Bibi Ferreira morre aos 96 anos

Atriz estava em casa, no Flamengo, com uma enfermeira

ubiie Redação

Publicado

em

NELSON DE SÁ – A cantora e atriz Bibi Ferreira morreu nesta quarta-feira (13), em casa, no Rio de Janeiro, após sofrer uma parada cardíaca, aos 96 anos.

No início de 2013, apresentando o espetáculo “Histórias e Canções” em temporada popular no teatro Carlos Gomes, na praça Tiradentes, no Rio, Bibi Ferreira começou a tossir no meio de um quadro e depois, recuperada, explicou: “É alergia. Sou alérgica a teatro”.

A plateia lotada riu muito. Então com 90 anos, a atriz, reza a lenda teatral, havia estreado no palco ainda bebê, aos 24 dias, na peça “Manhã de Sol”, da companhia em que trabalhava seu pai, o lendário ator Procópio Ferreira (1898-1979).

Ela teria entrado no lugar de uma boneca, de última hora, levada no colo pela atriz Abigal Maia, dona da companhia, mulher do dramaturgo Oduvaldo Viana e sua madrinha. O nome de Bibi, nascida em junho de 1922 no Rio, era Abigail Izquierdo Ferreira.

Izquierdo veio da mãe, a espanhola Aída Izquierdo, corista de teatro de revista. Até os 18, quando estreou oficialmente como atriz ao lado do pai, Bibi cantou e dançou esporadicamente, levada por Aída, pela América Latina e no Rio, nos palcos e num filme.Seu primeiro personagem propriamente teatral foi Mirandolina, de “La Locandiera”, de Goldoni, em 1941. Três anos depois, com o teatro brasileiro em fase de modernização, já tinha sua própria companhia, por onde passaram iniciantes como Cacilda Becker.

No final dos anos 1940, depois de um período de estudos na prestigiosa Royal Academy of Dramatic Art, em Londres, estreou também como diretora, o que faria ao longo da carreira, montando de brasileiros como Nelson Rodrigues a clássicos.

Uma peça em que trabalhou como atriz e para a qual retornou depois como diretora, em seguidas remontagens que lembravam o maior sucesso de Procópio, que ela sempre tratou carinhosamente como “papai”, foi “Deus lhe Pague”, de Joracy Camargo.

Defensora do teatro como ofício, a exigir dedicação e técnica, Bibi se orgulhava da voz, que lhe permitia ser ouvida por toda a sala, sem microfone, nos maiores teatros. Os espetáculos que mais marcaram a sua trajetória foram todos musicais.

Ela passou a priorizar o gênero na década de 1960. Um dos espetáculos que trouxe de Nova York foi “My Fair Lady”, em 1964, junto com Paulo Autran, ator que voltaria a dividir o palco com ela no musical “O Homem de La Mancha”, de 1972.

Seu maior personagem, Edith Piaf, nasceu de outra peça da Broadway, que acabou se concentrando nas canções, na adaptação dirigida por Flávio Rangel. Estreou em 1983 e ficou sete temporadas em cartaz, voltando em cenas pontuais de outros espetáculos.

Mas é um musical criado em 1975 por Chico Buarque e Paulo Pontes, então seu marido, que ela recordava com mais carinho -a ponto de considerar “Gota D’Água”, adaptação de “Medeia” para uma comunidade carioca, “a maior obra da dramaturgia nacional”.

Em setembro de 2018, Bibi anunciou sua aposentadoria dos palcos. Embora admiradora da Broadway, Bibi defendia com persistência o teatro brasileiro. Um de seus últimos projetos, que não conseguiu viabilizar, foi um espetáculo de revista com orquestra, coristas e luxo, para uma geração que só conhece musical americano, hoje.

0
0
Continuar lendo

Famosos

‘Ele era um predador sexual’, diz advogada sobre Michael Jackson

Gloria Allred afirma haver ‘várias acusações sérias sobre pedofilia’ contra o cantor

ubiie Redação

Publicado

em

A advogada norte-americana Gloria Allred, que entrou na Justiça contra Michael Jackson, acusando-o de pedofilia, disse em entrevista ao site ‘TMZ’ que o cantor era um “predador sexual e pedófilo”.

“Há várias acusações sérias sobre pedofilia contra Michael Jackson, e ele pagou milhões de dólares em acordos (judiciais)”, lembrou Gloria.

A advogada representou Jordan Chandler, que acusou Michael de abuso sexual em 1993. A família do menino conseguiu um acordo de 20 milhões de dólares com o cantor.

Em 2002, Gloria novamente acionou a Justiça contra o rei do pop, após o polêmico incidente em que ele balançou uma criança com o rosto coberto na varanda de um hotel. O artista foi inocentado neste processo.

0
0
Continuar lendo

Famosos

Angelina Jolie visita campos de refugiados em Bangladesh

Cerca de 1 milhão de muçulmanos rohingya vivem em situação degradante em campos de refugiados desde que foram expulsos de Mianmar

ubiie Redação

Publicado

em

Angelina Jolie visitou na segunda-feira (4) o maior assentamento de refugiados do mundo em Bangladesh. O local reúne cerca de 1 milhão de muçulmanos rohingya, sendo que mais de 730 mil fugiram de Mianmar há cerca de um ano e meio.

Como explica a agência de notícias ‘Reuters’, o objetivo da atriz é colocar o problema de volta às manchetes dos jornais, para que ações humanitárias sejam realizadas.

Na época em que houve a fuga em massa de Mianmar, após uma onda de repressão militar, a Organização das Nações Unidas (ONU) classificou o caso como “limpeza étnica”. Mianmar é um país majoritariamente budista.

Um porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) informou à imprensa que Jolie passará três dias visitando os campos para “avaliar” as necessidades dos refugiados e o que Bangladesh precisa para recebê-los.

Também está prevista uma reunião da atriz com a primeira-ministra do país, Sheikh Hasina, que tem sido reconhecida internacionalmente pela sua atuação no caso e foi elogiada por não repatriar nenhum rohingya involuntariamente, e com o ministro de Relações Exteriores, AK Abdul Momen.

Segundo o porta-voz da Acnur, a visita acontece antes do lançamento de uma campanha de arrecadação de fundos, no valor de 920 milhões de dólares, para continuar a atender às necessidades básicas dos refugiados.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
110,54
JPY –0,03%
3,72
BRL +0,50%
1EUR
Euro. European Union
=
125,25
JPY +0,28%
4,21
BRL +0,81%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
414.755,10
JPY +2,87%
13.952,47
BRL +3,38%

Tokyo
Partly Cloudy
MonTueWed
min 5°C
12/6°C
17/7°C

São Paulo
25°
Partly Cloudy
MonTueWed
28/21°C
28/20°C
29/21°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana