Siga-nos

Você viu?

164

Tempo estimado para a leitura: 2minuto(s) e 45segundo(s).

Itália terá o primeiro chocolate protegido da Europa

Lei impede imitações e promove agricultura regional

ubiie Redação

Publicado

em

Desde o ano passado, artesãos italianos lutam pela proteção de um distinto chocolate produzido na cidade de Módica, na região da Sicília. O período de três meses no qual os estados membros da União Europeia poderiam se opor à decisão da Comissão venceu nesta terça-feira (7), sem nenhuma objeção levantada.

Desta forma, a Comissão deve seguir com o registro do “Chocolate de Módica” para indicação geográfica protegida (PGI, na sigla em inglês), uma lei do bloco europeu para proteger a qualidade dos alimentos regionais e promover atividades agrícolas. O pedido foi enviado em junho de 2017, e até o próximo outono europeu a denominação para proteção deve entrar em vigor.

A nomeação certifica a autenticidade de produtos únicos de uma área. “Esse produto é um tesouro para a nossa região e deve ser protegido das imitações a qualquer custo”, afirmou o político italiano Antonino Minardo. O chocolate de Módica é produzido de acordo com uma técnica original dos Astecas, e se aproxima ao primeiro chocolate já consumido pelo povo que habitou as Américas.

A receita chegou na Sicília pelos exploradores espanhóis, que trouxeram comidas exóticas de suas missões de conquista do Novo Mundo. E como a região italiana era governada pela Espanha naquela época, o chocolate acabou ficando por lá. A técnica envolve moer os grãos de cacau e aquecer para obter uma massa fluída. Acrescenta-se o açúcar e as especiarias desejadas para dar sabor. A massa é mantida a temperaturas que não passam de 40ºC, muito menores do que as usadas no processo industrial.

Assim, os artesãos acreditam que esse processo manual é o que preserva as características benéficas do cacau e dá um sabor e textura incomparáveis ao chocolate. Os produtores ainda esperam que o doce adquira oficialmente o status PGI. Caso o reconhecimento aconteça, a Itália terá o primeiro chocolate protegido da Europa.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Você viu?

Ginasta austríaca surpreende internautas com contorcionismo bizarro (VÍDEO, FOTOS)

A ginasta austríaca de 26 anos Stefanie Millinger posta frequentemente imagens em sua conta do Instagram mostrando suas impressionantes qualidades acrobáticas e ganhando milhares de visualizações.

ubiie Redação

Publicado

em

A última de suas publicações chamou ainda mais atenção devido a ser feita no assento de um avião.

Para muitas pessoas, viajar de classe econômica nas companhias aéreas pode ser uma experiência muito desconfortável, principalmente por causa da falta de espaço para as pernas e braços. Enquanto os médicos recomendam uma “passeada” pelo corredor durante longas viagens para melhorar o fluxo sanguíneo, a ginasta teve uma ideia bem melhor.

O vídeo em que ela fica de pé no assento e depois se inclina para que sua cabeça toque seus pés, já ganhou quase 300.000 visualizações.

No final da gravação, a ginasta finaliza apertando o cinto de segurança enquanto ainda está nessa posição e dá um sorriso para a pessoa que está filmando.

“Na verdade, é assim que os assentos das companhias aéreas são projetados para as pessoas caberem”, disse um internauta.

Enquanto outro zombou dos assentos de uma companhia aérea europeia: “Muito bem, mas ela pode fazer igual em um voo da Ryanair? Esse é um verdadeiro desafio.”

A ginasta profissional estava a caminho da Polônia quando fez a acrobacia, que se tornou viral.

0
0
Continuar lendo

Você viu?

Após abalar América Latina, terremoto revela montanhas enormes nas profundezas da Terra

Um forte terremoto, que atingiu a Bolívia em 1994, ajudou um grupo de pesquisadores a estudar uma “fronteira” entre o manto superior e inferior da Terra.

ubiie Redação

Publicado

em

Os geólogos descobriram com a pesquisa, publicada na revista Science, que essa estrutura é coberta por enormes picos de montanhas e fendas profundas.

“O limite entre as camadas do manto era muito mais grosso do que a superfície do planeta. As colinas subterrâneas, falando figurativamente, eram mais altas do que os Apalaches ou as Montanhas Rochosas. Não podemos calcular com precisão sua altitude, mas eles parecem ser mais altos do que qualquer pico de montanha na Terra”, disse o autor do estudo, Wenbo Wu, do Instituto de Geodésia e Geofísica de Wuhan, na China.
A estrutura interna da Terra é constituída por três camadas que incluem a crosta terrestre, o manto semilíquido e o núcleo de metal fundido. A crosta é dividida em placas tectônicas, que “flutuam” lentamente e colidem entre si. Esse processo resulta na formação de terremotos e de vulcões ativos nos pontos de colisão das placas.

Ao analisar os dados disponíveis sobre o terremoto de junho de 1994 na América Latina, mais especificamente no território da Bolívia, geólogos determinaram que os fortes sismos atingiram a camada final. Tais informações foram possíveis graças a estações sismográficas que obtiveram um “mapa de relevo”.

Descobriu-se que a estrutura é incrivelmente áspera, até mais do que a camada superior da Terra. Wu explica que, a uma profundidade de 660 quilômetros, a topografia é mais irregular do que as Montanhas Rochosas ou os Apalaches.

Apesar do estudo não ter determinado a altura exata dessas depressões e picos, os cientistas não descartam a hipótese de as montanhas serem ainda mais altas do que qualquer outra na superfície do nosso planeta.

De acordo com os pesquisadores, a presença desse relevo na camada inferior do manto sugere que suas rochas basicamente não estão misturadas com a parte superior da litosfera e que permanecem nesse estado desde a formação da Terra.

Essa análise permitirá que geólogos entendam a formação e origem do planeta no início da vida do Sistema Solar.

0
0
Continuar lendo

Você viu?

Para não ser identificado, ganhador de loteria recebe prêmio mascarado

Identificado apenas como A. Campbell, vencedor demorou 54 dias para retirar o cheque

ubiie Redação

Publicado

em

Para evitar assaltos ou sequestros, um homem vencedor de uma loteria na Jamaica resolveu receber o prêmio usando uma máscara do personagem do filme “Pânico”. Ele ganhou 158 milhões de dólares jamaicanos (R$ 4,3 milhões).

Identificado apenas como A. Campbell, o ganhador demorou 54 dias para retirar o cheque, segundo divulgou a empresa Supreme Ventures, que opera a loteria no país.

Ao site Jamaica Star, Campbell disse que ficou doente após vencer a loteria, em novembro, e só conseguiu receber o prêmio em 5 de fevereiro, quando afirmou que já se sentia melhor.

O vencedor contou, ainda, que pretende comprar uma nova casa para morar. “Eu tenho um pequeno negócio e planejo fazê-lo maior, comprar um apartamento. Eu amo ter dinheiro “, disse.

Outros ganhadores da loteria na Jamaica passaram a buscar o prêmio usando máscaras para evitar que sejam identificados e assaltados. No ano passado, uma mulher usou uma máscara de emoj sorrindo e piscando.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
110,54
JPY –0,03%
3,72
BRL +0,50%
1EUR
Euro. European Union
=
125,25
JPY +0,28%
4,21
BRL +0,81%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
414.755,10
JPY +2,87%
13.952,47
BRL +3,38%

Tokyo
Partly Cloudy
MonTueWed
min 5°C
12/6°C
17/7°C

São Paulo
25°
Partly Cloudy
MonTueWed
28/21°C
28/20°C
29/21°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana