Siga-nos

Beleza e Saúde

134

Tempo estimado para a leitura: 2minuto(s) e segundo(s).

3 dicas para diminuir gordura abdominal

Especialista indica as melhores opções que amenizam a circunferência

ubiie Redação

Publicado

em

Além de ser um incômodo estético, o excesso de gordura abdominal está associado a uma série de enfermidades, sendo muito prejudicial à saúde. Apesar da gordura que insiste em se acumular na barriga ser uma das mais difíceis de eliminar, hábitos adotados no dia a dia podem ajudar a prevenir e combater o problema.

De acordo com Ingrid Peres, gerente cientifica e fisioterapeuta dermato-funcional da Onodera Estética, saúde e estética devem caminhar juntas, a fim de que os resultados almejados sejam realmente benéficos e permanentes. “O acúmulo de gordura no abdômen é um grande incômodo para muita gente, porém, o problema vai além da questão da aparência física, pois pode contribuir com o aumento dos triglicérides, do LDL (colesterol ruim), da pressão arterial, além de interferir no bom funcionamentos dos órgãos e aumentar o risco de vários problemas de saúde como: acidente vascular cerebral (AVC), diabetes, obesidade, distúrbios do sono, dentre outros”.

Para prevenir e tratar a gordura abdominal, a especialista orienta algumas dicas que são aliadas ao bom funcionamento do corpo. Confira:

Alimentação Saudável – Apostar em uma dieta balanceada ajuda na redução da gordura corporal. “Um cardápio composto por frutas, legumes, verduras, e alimentos com fibras é importante para ingestão de antioxidantes que favorecem a eliminação de toxinas”, explica.

Exercícios Físicos – A prática regular de atividade física tem capacidade de reduzir o risco de doenças crônicas e promover qualidade de vida. “Além de favorecer na queima de gorduras, os exercícios melhoram o metabolismo e a circulação sanguínea”, completa.

Tratamentos estéticos – Somados às outras dicas, os procedimentos ajudam a diminuir o acúmulo de gordura abdominal e melhora a saúde da pele. “Dentre os tratamentos disponíveis no mercado podemos destacar o Shape Detox, tratamento rápido e que reduz o tamanho das células de gordura, melhora a nutrição e oxigenação do tecido, estimula a vasodilatação, elimina as toxinas, reduz inchaço e mobiliza o tecido, ajudando na uniformização da superfície. São indicadas de 6 a 10 sessões com 50 minutos de duração. Outro procedimento é a Criofrequência, tecnologia que utiliza o frio no controle da temperatura da pele, o que permite aumentar a temperatura interna, provocando um choque térmico. Da mesma forma, aumenta a oxigenação, a dilatação dos vasos e consequentemente aumenta o metabolismo celular, desintoxicando o tecido. São indicadas de 8 a 10 sessões que variam de 15 a 40 minutos de duração.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Beleza e Saúde

Entenda o que ocorre com seu coração durante a prática de exercícios

Especialista conta como a atividade física diária influencia no fortalecimento, crescimento e ritmação do coração

ubiie Redação

Publicado

em

Sabe-se que a prática regular de exercícios físicos, numa média de 150 minutos/semana com intensidade moderada ou 75 minutos/semana com intensidade vigorosa, como o recomendado pela Organização Mundial da Saúde, está diretamente associada a uma boa saúde cardiovascular e também à redução de risco de doenças cardíacas. Mas o que, de fato, acontece com o coração durante alguns minutos de atividade física?

Segundo o cirurgião cardiovascular, Dr. Marcelo Sobral, exercícios como os aeróbicos – aqueles de menor impacto e que são feitos com “respiração normal”, ou seja, sem faltar o fôlego, como correr, caminhar e pedalar – são os mais benéficos à saúde, já que fortalecem os músculos do corpo todo, incluindo o coração, que também é um músculo.

“Durante o exercício, além de ficarem mais fortes, estes músculos crescem e para que haja essa hipertrofia, eles acabam exigindo mais sangue, estimulando a circulação sanguínea em todo o corpo. Neste processo as artérias coronárias ficam mais vigorosas e novos vasos sanguíneos podem ser criados, melhorando a função do coração”, afirma Sobral.

De acordo com o especialista, quando a prática de atividade física é diária e sem exageros, há mudança no padrão dos batimentos cardíacos, que passam a funcionar de forma mais controlada e ritmada. “Ao contrário do que muitos pensam, a aceleração dos batimentos durante o exercício não leva à arritmia cardíaca, mas é altamente benéfica para o organismo já que durante a pratica diversas reações químicas acontecem, como a liberação de hormônios, enzimas e proteínas, ajudando a equilibrar todo o metabolismo”, explica.

Sobral ressalta que antes de se aventurar pela prática de exercícios físicos rotineiros, é importante passar por uma avaliação médica e, no caso de pessoas que já apresentam complicações cardíacas, será indicado o tipo de exercício e sua intensidade ideal. “Além dos benefícios já citados, exercitar-se da forma correta ajudará, independente da idade ou do estado clínico, a tornar veias e artérias mais eficientes, a produzir mais do colesterol bom (HDL) e a melhorar, além da circulação de forma geral, também os níveis de açúcar no sangue e estresse”, conclui o cirurgião.

0
0
Continuar lendo

Beleza e Saúde

Cientistas descobrem analgésico mais forte do que morfina

ubiie Redação

Publicado

em

Cientistas americanos desenvolveram um analgésico considerado mais forte que a morfina, o AT-121, que não causa dependência e efeitos colaterais perigosos, relata a publicação Science Alert.

Com essa nova descoberta, é esperado que o preparado ajude a diminuir o número de mortes causadas pela dependência de medicamentos para tirar a dor e suas sobredosagens.

Somente nos Estados Unidos, em 2012 mais de 16 mil pessoas morreram devido ao uso de paliativos opioides.

O novo composto atua nos receptores opioides, onde os analgésicos tradicionais atuam, e nos receptores da nociceptina, que são moléculas de proteínas nos neurônios do cérebro e que estão envolvidas no desenvolvimento de dependências e vícios.

Testes realizados com macacos em laboratórios mostraram que o AT-121 exercia um efeito analgésico semelhante à morfina em concentrações 100 vezes menores do que o habitual.

Além disso, a droga foi capaz de reduzir o nível de dependência dos animais da oxicodona — um opioide semissintético. Foi também comprovado que altas dosagens de AT-121 não causavam dificuldades respiratórias e distúrbios na atividade do sistema cardiovascular.

Através de futuros testes, que serão realizados em pessoas, os pesquisadores esperam que os resultados sejam confirmados.

2
0
Continuar lendo

Beleza e Saúde

Menina de 5 anos bomba no Instagram com cabelo ‘supervolumoso’

Mia Aflalo tem cabeleira de gente grande

ubiie Redação

Publicado

em

Além da beleza e simpatia, Mia Aflalo, de apenas 5 aninhos conquistou o mercado da moda e a internet por conta da sua vasta cabeleira. Natural de Tel Aviv, Israel, a menina ostenta milhares de seguidores no Instagram e uma série de penteados com o cabelão em evidência.

As madeixas já renderam até um ensaio para edição britânica da revista “Vogue”.

Há quem diga, porém, que o visual de Mia é inapropriado para a sua pouca idade.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
112,55
JPY 0,00%
3,71
BRL 0,00%
1EUR
Euro. European Union
=
129,75
JPY 0,00%
4,28
BRL 0,00%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
726.392,54
JPY +0,32%
23.962,94
BRL +0,32%

Tokyo
18°
Clear
SunMonTue
min 12°C
22/14°C
21/14°C

São Paulo
13°
Mostly Cloudy
SunMonTue
20/13°C
26/15°C
27/17°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana