Siga-nos

Futebol

324

Tempo estimado para a leitura: 1minuto(s) e 34segundo(s).

Jogadores da Colômbia são ameaçados de morte após eliminação

Bacca e Uribe perderam os pênaltis que tiraram time da Copa

ubiie Redação

Publicado

em

Os jogadores Carlos Bacca e Mateus Uribe, da seleção da Colômbia, estão recebendo ameaças de morte em suas redes sociais desde que erraram os pênaltis que culminaram na eliminação de sua seleção da Copa do Mundo, contra a Inglaterra, ontem (3).

Após o empate de 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação, a Inglaterra derrotou a Colômbia nos pênaltis, com o goleiro Jordan Pickford defendendo o pênalti de Bacca, e Uribe chutando sua penalidade no travessão.

Além deles, outro colombiano foi ameaçado de morte, o meio-campista Carlos Sánchez. Na ocasião, o jogador de 33 anos foi expulso logo aos três minutos da partida contra o Japão, na fase de grupos. Com um jogador a menos, a Colômbia não conseguiu bater os japoneses e acabou perdendo por 2 a 1.

Na Copa, o atacante dinamarquês Nicolai Jorgensen também foi ameçado de morte após ter perdido o pênalti decisivo contra a Croácia. Um caso semelhante aconteceu com a seleção colombiana no Mundial de 1994, nos Estados Unidos. Na ocasião, o zagueiro Andrés Escobar marcou um gol contra na derrota por 2 a 1 contra a equipe norte-americana, selando a eliminação da promissora Colômbia na primeira fase da competição. Logo após a Copa, o jogador recebeu diversas ameaças e foi assassinado em Medellín, aos 27 anos.

Após esse assassinato de Escobar, qualquer tipo de ameaça a pessoas públicas em rede social são investigadas pela polícia colombiana.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Futebol

Messi afirma que Barcelona ‘deixou imagem espetacular’ em classificação

Messi afirmou que o time se classificou na competição “deixando uma imagem espetacular”

ubiie Redação

Publicado

em

Destaque da vitória sobre o Manchester United por 3 a 0, nesta terça-feira, no Camp Nou, que colocou o Barcelona na semifinal da Liga dos Campeões, Messi afirmou que o time se classificou na competição “deixando uma imagem espetacular”.

“Mostramos o que somos e demos uma imagem espetacular fazendo uma grande partida”, afirmou o craque argentino, que marcou duas vezes. O brasileiro Philippe Coutinho fez o terceiro e fechou o placar.

Apesar de satisfeito com o resultado, Messi criticou o desempenho da equipe nos primeiros minutos da partida. Marcus Rashford teve chance de abrir o placar, mas parou no travessão. “Entramos frios e nervosos nos primeiros cinco minutos e foi um pouco estranho até que recuperamos o controle do jogo e veio o primeiro gol.”

O argentino relembrou o confronto diante da Roma na temporada passada, quando o Barcelona acabou eliminado da Liga dos Campeões com uma derrota por 3 a 0, mesmo depois de vencer por 4 a 1, na ida, no Camp Nou.

“Não podemos sair para o jogo assim em uma partida de Liga dos Campeões, porque temos a experiência do jogo contra a Roma e poderia ter complicado nossa classificação, porque cinco minutos ruins te deixam fora”, afirmou Messi.

Após o susto inicial, o Barcelona abriu o placar aos 16 minutos, em uma jogada individual do argentino. O segundo saiu quatro minutos depois, novamente com Messi, que contou com um erro do goleiro De Gea.

“A jogada do primeiro gol nos deu força e depois, no segundo, tivemos um pouco mais de sorte, mas conseguimos o objetivo de avançar às quartas e chegar às semifinais, que fazia tempo que não conseguíamos”, disse o craque.

Em relação ao adversário da semifinal, Messi desconversou. O Barcelona vai enfrentar o vencedor de Porto e Liverpool, que se enfrentam nesta quarta-feira, em Portugal. Na ida, na Inglaterra, vitória do time da casa por 2 a 0. “Vai ser complicado porque estão os melhores, os que merecem e será dificílimo”, concluiu o craque argentino.

0
0
Continuar lendo

Futebol

França goleia Moldávia na estreia nas Eliminatórias da Eurocopa

Diante da diferença técnica entre as equipes, a França até demorou para abrir vantagem nesta sexta-feira.

ubiie Redação

Publicado

em

Atual campeã mundial, a seleção francesa começou bem a participação nas Eliminatórias da Eurocopa de 2020. Fora de casa, em Chisinau, marcou três vezes nos 36 minutos iniciais, e goleou a Moldávia por 4 a 1, pela primeira rodada do Grupo H do torneio qualificatório.

Diante da diferença técnica entre as equipes, a França até demorou para abrir vantagem nesta sexta-feira. E foi com um golaço, aos 24 minutos, quando Pogba deu passe de cavadinha para Griezmann, que bateu de primeira para fazer 1 a 0. O segundo gol francês saiu logo depois, aos 27. Dessa vez, Griezmann cobrou escanteio e Varane marcou de cabeça.

A França voltou a marcar aos 36, com Giroud, após cruzamento, levando a França a ir ao intervalo em vantagem de 3 a 0. Foi o 34º gol dele pela seleção, o que o deixou empatado com Trezeguet como terceiro maior artilheiro da história da equipe, ainda atrás de Henry e Platini.

A equipe dirigida por Didier Deschamps, então, diminuiu o ritmo no segundo tempo, mas ainda assim marcou outra vez, dessa vez com Mbappé, aos 42 minutos. E a Moldávia diminuiu aos 44, com Vladimir Ambros aproveitando rebote.

Assim ocorreu com a seleção francesa, as seleções visitantes se deram melhor nos outros dois duelos do Grupo H nesta sexta. Na Albânia, a Turquia venceu por 2 a 0, com gols marcados por Burak Yilmaz, aos 21 minutos do primeiro tempo, e Hakan Calhanoglu, aos 11 minutos da etapa final.

Já em Andorra, a Islândia, surpresa da Eurocopa de 2016, também triunfou por 2 a 0. E os seus gols foram marcados por Birkir Bjarnason, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Kjartansson, aos 35 da etapa final.

A segunda rodada do Grupo H vai ser realizada na próxima segunda. A França, no Stade de France, receberá a Islândia. Andorra atuará novamente em casa, dessa vez contra a Albânia. E A Turquia buscará o seu segundo triunfo na competição classificatória em duelo com a Moldávia.

0
0
Continuar lendo

Futebol

Real Madrid sofre, mas volta a vencer e Solari ganha “respiro”

Madrilenhos bateral o Valladolid por 4 a 1

ubiie Redação

Publicado

em

O Real Madrid reencontrou o caminho da vitória na tarde deste domingo (10) e dá certa paz principalmente ao técnico Santiago Solari, pressionado no cargo. Apesar de sofrer bastante, os merengues viraram para cima do Valladolid e venceram por 4 a 1 o duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Espanhol. Varane, Benzema, duas vezes, e Modric, marcaram para o Real. Antes, Anuar abriu o placar para a equipe mandante no Estádio José Zorrilla.

É fato que o Madrid tinha uma série de desfalques e foi a campo com vários reservas, mas a má fase pesou no desempenho do clube no primeiro tempo. Até virar a partida e deslanchar, o time de Solari sofreu e contou com a ajuda do VAR (árbitro de vídeo) e da sorte para voltar a vencer. Guardiola teve dois gols bem anulados por posição de impedimento, enquanto Alcaraz isolou pênalti batido diante de Courtois.

Vinícius Júnior, Bale, Carvajal e Vázquez, machucados, foram ausências, assim como Sergio Ramos, suspenso – o zagueiro inclusive vem sendo pivô de algumas polêmicas. De acordo com o jornal “Marca”, ele e o lateral brasileiro Marcelo se desentenderam no treino de ontem. O Real vai a 51 pontos no Espanhol, mantém a terceira posição, mas fica a 12 de distância para o líder Barcelona.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
110,15
JPY +0,07%
4,10
BRL 0,00%
1EUR
Euro. European Union
=
122,92
JPY +0,03%
4,57
BRL –0,04%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
882.969,71
JPY +9,40%
32.856,21
BRL +9,34%

Tokyo
18°
Cloudy
MonTueWed
23/19°C
22/16°C
24/17°C

São Paulo
19°
Mostly Cloudy
SunMonTue
min 16°C
25/15°C
27/14°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana