Siga-nos

Mistério

261

Tempo estimado para a leitura: 1minuto(s) e 19segundo(s).

Mulher ‘ressuscita’ dentro de gaveta do necrotério na África do Sul

Uma mulher acordou dentro da gaveta refrigerada de um necrotério algumas horas depois de ter sido declarada morta, reporta o jornal Daily Mirror.

ubiie Redação

Publicado

em

Em consequência de um acidente de carro na cidade de Joanesburgo, na África do Sul, a mulher, cujo nome não foi revelado, sofreu ferimentos graves na cabeça. Os paramédicos da ambulância que a atenderam alegaram que a vítima estava morta.

A mulher foi encontrada pelos funcionários do necrotério que anotavam os dados sobre os corpos. Ao puxar a gaveta onde o corpo estava, perceberam que a mulher estava respirando.
“Os paramédicos são treinados para diagnosticar a morte, e não nós. Ninguém espera abrir o refrigerador [do necrotério] e encontrar uma pessoa viva. E se começássemos a autópsia e a matássemos?”, exclamou um dos funcionários.

Agora a mulher “ressuscitada” está recebendo os devidos cuidados. A gerência do hospital começou a investigar as circunstâncias do incidente.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Mistério

Por que vemos uma luz branca no fim do túnel antes de morrer?

Pessoas que estiveram à beira da morte afirmam ter visto uma luz branca brilhante no fim do túnel e encontrado familiares ou animais de estimação queridos. Apesar do tom sobrenatural dessas experiências, a ciência consegue explicar o fenômeno, declararam os cientistas britânicos Neil Dagnall e Ken Drinkwater.

ubiie Redação

Publicado

em

Experiências próximas à morte são “um acontecimento psicológico profundo com elementos míticos”, explicam os especialistas, recordando que pode ser provocado pela imensa dor física ou emocional, mas também depois de sofrer ataques cardíacos ou lesões cerebrais traumáticas.

Um terço das pessoas, que passaram por isso, assegura ter experimentado sensações comuns como satisfação, separação psíquica do corpo, movimento rápido através de um túnel largo e escuro e até ver uma luz se acender no fim do dito túnel, segundo cientistas.

Um papel importante pode ser desempenhado pela idade e cultura. Por exemplo, muitos hindus afirmam ter se reunido com deus da morte Yama, enquanto os norte-americanos falam de encontro com Jesus, e crianças descrevem encontro com amigos e professores.

Em 2009, os neurocientistas Olaf Blanke e Sebastian Dieguez propuseram tipologia de experiências próximas à morte. No primeiro tipo, um trauma na região direita do cérebro resulta em uma sensação alterada de tempo e dá impressão de voo. O segundo tipo, ligado a danos na região esquerda do cérebro, é caracterizado pela comunicação com espíritos e pela percepção de vozes ou música.

Outro papel importante dos lobos temporais consiste em se envolver no processamento da informação sensorial e da memória, por isso atividade anormal desses lobos pode produzir sensações estranhas.

Qual é a razão?

Apesar de haver uma grande quantidade de teorias, é difícil encontrar uma explicação exata, opinam Dagnall e Drinkwater. Eles destacam que pessoas religiosas creem que esses episódios à beira da morte ofereçam evidências de que existe uma vida depois da morte, particularmente, separação do espírito do corpo. Explicações científicas apontam despersonalização que é como se define uma sensação de estar separado do corpo.

O cientista Carl Sagan sugeriu em 1979 que o estresse da morte produz uma recordação do nascimento, sugerindo que o “túnel” que a gente vê é uma nova imagem do canal de parto.

No entanto, outros investigadores ligam essas experiências à anoxia cerebral, ou seja, falta de oxigênio no cérebro. Neste sentido, há testemunhos de pilotos aéreos que experimentaram perda de consciência durante acelerações rápidas e descobriram caraterísticas similares às experiências próximas à morte, como a visão do túnel. A falta de oxigênio também pode desencadear convulsões do lobo temporal, causando alucinações.

Porém, a explicação mais estendida é “a hipótese do cérebro moribundo” que propõe que as experiências próximas à morte são alucinações causadas pela atividade no cérebro à medida que as células começam a morrer. Mas essa teoria não explica uma gama completa de sensações experimentadas durante esses episódios, tais como experiências extracorporais.

0
0
Continuar lendo

Mistério

Os 5 mais misteriosos desaparecimentos de navios da história (FOTOS)

Centenas de marinheiros desaparecidos, muitos anos de buscas e lendas sobre “navios fantasmas”. A Sputnik fez uma lista de cinco navios que desaparecem misteriosamente.

ubiie Redação

Publicado

em

O submarino ARA San Juan

O submersível argentino ARA San Juan deixou de emitir sinais de comunicação em 15 de novembro de 2017, quando estava a 430 quilômetros do litoral. Em sua última mensagem, os tripulantes informaram sobre a entrada de água através do sistema de ventilação no sistema de baterias, o que causou um incêndio e fez com que o submarino começasse a afundar-se.


Submarino ARA San Juan (arquivo)

Da operação de busca do submarino argentino desaparecido participaram dezenas de navios e aviões, incluindo o navio oceanográfico russo Yantar. O ARA San Juan desapareceu com 44 tripulantes no Atlântico, entre os quais estava Eliana Maria Krawczyk, a primeira mulher oficial da Marinha argentina. O submarino só foi encontrado um ano depois, a 500 quilômetros do litoral e a mais de 900 metros de profundidade. Ainda não foi revelado o que realmente causou o naufrágio.

O navio Copenhaga

O navio de treinamento dinamarquês de cinco mastros foi construído na Escócia em 1921 e era considerado um dos maiores e mais seguros navios à vela. Em sua construção foram usadas as tecnologias mais avançados daquela época.

A embarcação foi usada com navio de treinamento e de transporte. Na sua última viagem, a tripulação do Copenhaga era constituída por 61 marinheiros, a maioria dos eram cadetes. Em dezembro de 1928 o navio partiu do porto de Buenos Aires para Melbourne. A viagem deveria levar um mês e meio. Entretanto, uma semana depois, o navio deixou de emitir sinais de comunicação.

As operações de busca foram realizadas durante um ano, mas não deram quaisquer resultados. Os investigadores declararam que o navio naufragara devido a circunstâncias imprevisíveis e às forças da natureza.

O submarino soviético S-117

O sumiço do submarino soviético S-117 (Schuka) em dezembro de 1952 é considerado um dos incidentes mais misteriosos. O submarino fazia parte da Frota do Pacífico desde os meados da década de 1930.


Submarino soviético S-117 (SCH-117)

Nesse mês, a 90ª brigada de submarinos, que incluía o S-117, estava realizando manobras no mar de Okhotsk. O Schuka estava desempenhando o papel de navio “espião”, tendo saído para o mar alguns dias mais cedo que os outros, na manhã de 14 de dezembro. O último radiograma do navio foi recebido em 15 de dezembro.

Foram investigadas várias versões do sumiço, entre elas a colisão com o navio a vapor soviético Gornozavodsk ou um ataque por parte de um submarino dos EUA. Entretanto, essas versões não chegaram a ser comprovadas. Até agora, os 52 marinheiros e o próprio submarino são considerados desaparecidos.

O navio Lyubov Orlova

O navio Lyubov Orlova foi construído em 1976 na Iugoslávia e pertencia à companhia de navegação russa do Extremo Oriente. Em 1999, o navio foi vendido à empresa Marine Expeditions e começou a ser utilizado nas expedições à Antártida.


O navio russo MV Lyubov Orlova

Desde então, o navio mudou de mãos várias vezes. Em 2012 o Lyubov Orlova foi comprado por uma empresa que planejava transportá-lo do Canadá para a República Dominicana a fim de ser desmantelado para sucata.

O navio estava sendo rebocado através do Atlântico quando uma tempestade fez romper os cabos. Em 24 de janeiro de 2016 o navio ficou descontrolado e, desde então, se tornou um navio fantasma.

O USS Cyclops

O maior navio militar estadunidense, o USS Cyclops, desapareceu no Triângulo das Bermudas em março de 1918 com 300 pessoas a bordo.

Esse desaparecimento sem vestígios causou o surgimento de inúmeros rumores. Durante as operações de busca não foram encontrados nem destroços, nem traços de combustível, nem corpos dos marinheiros.


O USS Cyclops

O mistério maior tem a ver com o fato de os tripulantes não terem tentado pedir ajuda ou emitido sinais de alerta. Há várias versões do desaparecimento, desde um ataque por parte de um submarino alemão até o motim da tripulação, mas nenhuma delas foi comprovada.

0
0
Continuar lendo

Mistério

Chinês revela suposto crânio alienígena com 2 ‘camadas distintas’ (FOTO)

Um ufólogo amador chinês afirma ter um crânio que não pode ser humano nem de qualquer outra espécie terrestre, informou o jornal Global Times.

ubiie Redação

Publicado

em

Li Jianmin, autor de livros de ficção científica e autoproclamado especialista em OVNIs, revelou o que ele acredita ser um crânio alienígena.

O homem de 55 anos anunciou sua descoberta durante uma palestra em Pequim no mês passado.


Alegado crânio alienígena pesquisado por Li Jianmin

O crânio tem cor marrom e cerca de 16 centímetros de diâmetro. Segundo o chinês, ao contrário dos crânios humanos, este tem duas “camadas distintas”, o que pode alegadamente significar sua origem extraterrestre.

Li disse que o crânio misterioso pertence a um colecionador privado que, por sua parte, tinha comprado o item a um vendedor na Mongólia Interior, uma região autônoma da China.

“O colecionador estava folheando meu romance quando descobriu que o crânio [que tinha comprado] se parecia muito com um na ilustração”, sublinhou Li, citado pelo Global Times.

Após quatro meses de pesquisas, o entusiasta chinês escreveu um relatório de 103 páginas para confirmar a origem extraterrestre do achado.
Porém, para ter provas irrefutáveis que o crânio chegou ao nosso planeta do espaço é preciso fazer mais testes, inclusive um teste de DNA, mas Li diz que lhe falta dinheiro para estas análises e procura financiamento.

O ufólogo amador recebeu várias críticas nas redes sociais chinesas, mas continua insistindo que o crânio é real.

1
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
113,27
JPY +0,07%
3,91
BRL –0,15%
1EUR
Euro. European Union
=
128,41
JPY –0,11%
4,43
BRL –0,33%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
378.680,17
JPY –2,60%
13.078,63
BRL –2,83%

Tokyo
Rain
TueWedThu
min 3°C
11/5°C
9/4°C

São Paulo
29°
Mostly Cloudy
TueWedThu
28/18°C
32/19°C
32/19°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana