Siga-nos

Filmes e séries

224

Tempo estimado para a leitura: 1minuto(s) e 14segundo(s).

Novo ‘Jurassic World’ domina bilheterias nos EUA

‘Os Incríveis 2’ e ‘Oito Mulheres e Um Segredo’ completam o ranking

ubiie Redação

Publicado

em

Jurassic World: Reino Ameaçado” arrecadou US$ 150 milhões em sua estreia nos Estados Unidos neste fim de semana, segundo a revista “Variety”.

O novo “Jurassic World” não superou seu antecessor, que abriu as bilheterias com US$ 208,8 milhões. Até o momento, mundialmente, a sequência já faturou US$ 711,5 milhões.

Com isso, “Os Incríveis 2” ficou em segundo lugar em seu segundo fim de semana, faturando US$ 80 milhões. Na sua estreia, o filme atingiu a marca de melhor abertura para uma animação.

Em terceiro lugar está “Oito Mulheres e Um Segredo”, que fez US$ 11,6 milhões nos cinemas dos EUA.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Filmes e séries

Ganhador do Oscar, filme ‘Gladiador’ deve ganhar sequência após 18 anos

Longa deve acompanhar a história do menino Lucius já adulto

ubiie Redação

Publicado

em

O diretor Ridley Scott está trabalhando numa sequência para o filme “Gladiador”, lançado no ano 2000. Segundo a imprensa americana, o longa vai seguir a história de Lucius, filho de Lucilla (Connie Nielsen) que é salvo pelo protagonista Maximus (Russell Crowe), no primeiro filme.

O projeto, ainda em fase embrionária, está sendo negociado com a distribuidora Paramount.

Já o roteiro ficará sob os cuidados de Peter Craig, o mesmo por trás de “Jogos Vorazes” 1 e 2 e que trabalha atualmente na sequência de “Top Gun – Ases Indomáveis”, clássico dos anos 1980.

Em 2017, Ridley Scott chegou a falar sobre seu desejo de fazer uma sequência para “Gladiador”. Na ocasião, o diretor falava sobre uma forma de trazer Russell Crowe e seu personagem, Maximus, de volta para o longa, apesar de ele ter morrido no primeiro longa.

“Gladiador” foi indicado a 11 Oscars, tendo vencido cinco deles, incluindo melhor filme e melhor ator para Russell Crowe. O longa rendeu mais de US$ 460,5 milhões (R$ 1,7 bilhão). Além de Russell Crowe, também fizeram parte do elenco Connie Nielsen e Joaquin Phoenix.

0
0
Continuar lendo

Filmes e séries

Johnny Depp não vai mais interpretar o pirata Jack Sparrow no cinema

Stuart Beattie deu a entender à publicação que o interprete do capitão Jack Sparrow nos cinco filmes da franquia não está nos planos para possíveis continuações

ubiie Redação

Publicado

em

O ator Johnny Depp, 55, está fora da franquia do filme “Piratas do Caribe”. A informação foi divulgada no jornal ‘The Daily Mail’ com base em uma entrevista dada pelo roteirista original do longa, Stuart Beattie.

Beattie deu a entender à publicação que o interprete do capitão Jack Sparrow nos cinco filmes da franquia não está nos planos para possíveis continuações. Ele concordou quando perguntado se isso aconteceria. “Eu acho que ele (Depp) teve uma ótima trajetória. Ele deu sua própria cara ao personagem e Sparrow é o papel pelo qual ele é mais famoso”, disse.

“Acredito que foi ótimo para ele e foi ótimo para nós. Existe aquele ditado que diz que não devemos chorar porque acabou, mas, sim, sorrir porque aconteceu”, completou o roteirista, dizendo que esse foi com certeza o ápice do ator no cinema.

Os cinco filmes renderam bilheteria de 4,5 bilhões de dólares, mas o último, ‘A Vingança de Salazar’ (2017), não conseguiu acompanhar os bons índices do primeiro, lançado em 2003. A Disney, agora, negocia um novo longa, de acordo com o portal ‘Deadline’.

Não bastasse tudo isso, Johnny Depp ainda passa por um momento delicado quanto à sua vida pessoal. O ator foi acusado de violência doméstica por sua ex-mulher, a modelo norte-americana Amber Heard. Por conta disso, fãs contestaram a participação dele no filme “Animais Fantásticos”. Depois, o ator respondeu dizendo que ela o havia chantageado. Depp também foi processado por um de seus seus ex-guarda-costas por problemas quanto ao pagamento de salários.

0
0
Continuar lendo

Filmes e séries

Série “The Big Bang Theory” acaba em 2019

Embora “The Big Bang Theory” seja a série de maior audiência hoje nos Estados Unidos, sua produção tem encarecido a cada ano

ubiie Redação

Publicado

em

A série de comédia “The Big Band Theory” vai ser encerrada com sua a 12ª temporada, que irá ao ar nos Estados Unidos em setembro e terminará no ano que vem. A informação foi confirmada pelos estúdios Warner, que produzem o seriado para o canal americano CBS.

“Seremos eternamente gratos aos nossos fãs pelo apoio à série ao longo de 12 temporadas”, informa um comunicado. “Estamos empenhados em entregar uma temporada final, e um último episódio, que serão épicos.”

A nova -e derradeira- leva de episódios vai ao ar na televisão americana a partir de 24 de setembro e deve prosseguir até maio de 2019.

Desde 2007, quando estreou a série de comédia sobre um grupo de jovens cientistas, a atração reuniu 52 indicações ao Emmy e levou dez prêmios. Gerou até um spin-off, “Young Sheldon”, sobre os anos pregressos do personagem principal, o excêntrico Sheldon Cooper.

Embora “The Big Bang Theory” seja a série de maior audiência hoje nos Estados Unidos (com uma média de 18,6 milhões de espectadores na última temporada), sua produção tem encarecido a cada ano, segundo aponta a revista Entertainment Weeky.

Ainda segundo a publicação, que estima que o seriado seja o mais caro do gênero de comédia no ar, os cinco atores principais assinaram novos acordos com a produção pedindo para ganhar em torno de US$ 1 milhão (ou cerca de R$ 4 milhões) por episódio.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
113,64
JPY +0,06%
3,91
BRL +0,48%
1EUR
Euro. European Union
=
128,12
JPY –0,72%
4,41
BRL –0,30%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
370.718,56
JPY –0,40%
12.755,97
BRL +0,01%

Tokyo
Mostly Cloudy
FriSatSun
min 3°C
9/1°C
11/5°C

São Paulo
30°
Fair
FriSatSun
33/21°C
33/21°C
31/22°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana