Siga-nos

Entretenimento

367

Tempo estimado para a leitura: 2minuto(s) e 41segundo(s).

Nem a transmissão do futebol afeta a audiência do novelão

Mesmo encurtada, ‘O Outro Lado do Paraíso’ continua a surpreender no Ibope

ubiie Redação

Publicado

em

As rivais Clara (Bianca Bin) e Sophia (Marieta Severo): na rota do sucesso de ‘Avenida Brasil’

Quarta-feira é um dia atípico para a principal faixa de novelas da Globo. O autor precisa fazer um capítulo menor por conta da transmissão esportiva que começa às 21h45.

A duração reduzida costuma derrubar a média de audiência. Mas isso não tem acontecido com ‘O Outro Lado do Paraíso’.

Na quarta-feira (14), com apenas 45 minutos de exibição, o folhetim de Walcyr Carrasco conseguir cravar 40 pontos no Ibope.

Transferiu ótimo público à partida entre Corinthians e São Bento, que fechou com 26 de média.

A trama da vingativa Clara (Bianca Bin) abriu impressionante distância em relação às novelas inéditas da concorrência.

Na média parcial, ‘O Outro Lado do Paraíso’ está com 36 pontos – 29 à frente de ‘Apocalipse’, da RecordTV, e com 26 de vantagem sobre ‘Carinha de Anjo’, do SBT.

Nas últimas semanas, a produção global tem atraído, toda noite, 8 milhões de telespectadores somente na Grande São Paulo.

Empatada com a bem-sucedida antecessora, ‘A Força do Querer’, de Gloria Perez, a atual novela das 9 já está entre as mais vistas desde ‘Amor à Vida’, de 2014, escrita também por Walcyr Carrasco.

O desfecho acontecerá em meados de maio. Até lá, ‘O Outro Lado do Paraíso’ precisará de mais 3 pontos de média para igualar o sucesso numérico de ‘Avenida Brasil’, a maior referência da teledramaturgia da Globo nesta década.

Nada mal para uma trama que chegou a ser rejeitada por parte do público e precisou de ajustes emergenciais ainda em sua fase inicial.

Depois disso, milhões de brasileiros passaram a se identificar com a sede de justiça de Clara – e se tornaram telespectadores fiéis.

Talvez eles usem a ficção para expurgar o sentimento de injustiça suscitado pelo caos ético neste País novelesco.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Famosos

Confira cinco pontas de destaque que Stan Lee fez em filmes

Todas as aparições foram breves e superam por pouco a figuração

ubiie Redação

Publicado

em

O quadrinista Stan Lee, morto nesta segunda-feira (12), fez aparições em todos os 20 filmes da Marvel Studios lançados até hoje. Não só. Mesmo nos filmes do universo Marvel que não são do estúdio, como os Homem Aranha da Sony e os X-Men, Wolverine e Deadpool da Fox.

Todas foram breves e superam por pouco a figuração, mas enquanto algumas tiveram alguma relevância na história – como o empurrãozinho moral a Peter Parker em “Homem Aranha 3”- outras têm até um significado que transcendem o filme. Confira cinco das mais representativas aparições no cinema do mais célebre criador de super-heróis:

“Homem de Ferro 1 e 2” (2008 e 2010)

A ponta de Stan Lee nos dois primeiros filmes da franquia consiste em ser confundido pelo bilionário Tony Stark, o protagonista, com outros célebres anciões, Hugh Hefner, o criador da Playboy que vivia acompanhado de mulheres décadas mais jovens, e o apresentador de televisão Larry King.”Capitão América: Guerra Civil” (2016).

O “troco” de Lee com Stark ocorre no final do filme, quando o quadrinista representa um entregador de correspondência que procura por um certo Tony “Stank” -algo como “Tony fedia”, para a diversão do colega James Rhodes.

Homem Aranha 3 (2007)

Na franquia do Homem Aranha dirigida por Sam Raimi, Lee aparece como uma pessoa de caráter nobre. Após fazer um herói anônimo nos dois primeiros longas, salvando inocentes de detritos, no terceiro seu papel é mais significativo. Lee passa mensagem simbólica ao protagonista, então questionando o seu papel como super-herói. Ao ver um letreiro que dá a notícia de que o Homem-Aranha seria condecorado, Peter Parker ouve do senhor que por ali passava: “Acho que uma pessoa pode sim fazer a diferença”. A frase ressoa no legado cultural do criador de super-heróis.

Guardiões da Galáxia Vol. 2 (2017)

Durante uma espécie de ricochete espacial, os personagens são lançados por um portal ao céu de um planeta ermo, para já serem absorvidos novamente. No solo, o quadrinista contava aos Vigias -raça alienígena de observadores do universo- de quando foi entregador da FedEx, menção ao papel em “Guerra Civil”. A frase tem duas interpretações pelos fãs e críticos. Uma é a de que ele é, como os Vigias, uma entidade que acompanha todos os acontecimentos, fazendo interferências apenas pontuais, como a em Homem-Aranha 3. A outra é a de que ele, afinal, está acima do universo que criou.

X-Men: Apocalipse

Quando todo o arsenal nuclear da Terra é lançado para a estratosfera pelo vilão Apocalipse para desarmar a humanidade, Lee e a mulher, Joan, aparecem como um aterrorizado casal de humanos. Joan morreu em 2017, após 70 anos de casamento.

0
0
Continuar lendo

Famosos

Silvio faz previsão: ‘Bolsonaro fica 8 anos no poder e Moro mais 8’

Bolsonaro reforçou a importância de Moro em seu futuro governo

ubiie Redação

Publicado

em

Franco apoiador do governo Bolsonaro, o dono do SBT sinalizou mais uma vez a simpatia pelo presidente eleito ao conversar com ele durante o Teleton, campanha da emissora para arrecadar fundos para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

“Nesses 20 e poucos anos que eu faço o Teleton, é a primeira vez que um presidente me dá esse prazer. Gostaria de cumprimentá-lo, parabenizá-lo. Sei que o Brasil não é um peso leve. Sei que o Brasil precisa de um presidente que tenha vontade de acertar. E o senhor, nas primeiras medidas que tomou, começou acertando”, elogiou o apresentador.

Silvio ainda previu que Bolsonaro ficará oito anos no poder e o seu futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, também terá vida longa à frente do país. “O Moro pode ficar mais oito. Então, o Brasil vai ter 16 anos com homens que têm vontade de fazer o Brasil caminhar”, disse Silvio.

Diante dos elogios, Bolsonaro reforçou a importância de Moro em seu futuro governo e aproveitou para pedir doações para a campanha do SBT.

0
0
Continuar lendo

Filmes e séries

Ganhador do Oscar, filme ‘Gladiador’ deve ganhar sequência após 18 anos

Longa deve acompanhar a história do menino Lucius já adulto

ubiie Redação

Publicado

em

O diretor Ridley Scott está trabalhando numa sequência para o filme “Gladiador”, lançado no ano 2000. Segundo a imprensa americana, o longa vai seguir a história de Lucius, filho de Lucilla (Connie Nielsen) que é salvo pelo protagonista Maximus (Russell Crowe), no primeiro filme.

O projeto, ainda em fase embrionária, está sendo negociado com a distribuidora Paramount.

Já o roteiro ficará sob os cuidados de Peter Craig, o mesmo por trás de “Jogos Vorazes” 1 e 2 e que trabalha atualmente na sequência de “Top Gun – Ases Indomáveis”, clássico dos anos 1980.

Em 2017, Ridley Scott chegou a falar sobre seu desejo de fazer uma sequência para “Gladiador”. Na ocasião, o diretor falava sobre uma forma de trazer Russell Crowe e seu personagem, Maximus, de volta para o longa, apesar de ele ter morrido no primeiro longa.

“Gladiador” foi indicado a 11 Oscars, tendo vencido cinco deles, incluindo melhor filme e melhor ator para Russell Crowe. O longa rendeu mais de US$ 460,5 milhões (R$ 1,7 bilhão). Além de Russell Crowe, também fizeram parte do elenco Connie Nielsen e Joaquin Phoenix.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
112,83
JPY –0,65%
3,75
BRL –0,89%
1EUR
Euro. European Union
=
128,58
JPY –0,03%
4,27
BRL –0,27%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
626.242,22
JPY –1,35%
20.816,52
BRL –1,59%

Tokyo
12°
Cloudy
FriSatSun
min 10°C
19/10°C
16/11°C

São Paulo
24°
Cloudy
FriSatSun
26/16°C
28/19°C
31/19°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana