Siga-nos

Mundo

959

Tempo estimado para a leitura: 3minuto(s) e 32segundo(s).

A trágica morte do ‘Pirata de Culiacán’, youtuber de 17 anos que insultou narcotraficante mexicano

O bar “Menta2 Cantaros”, em Zapopan, México, foi o último lugar onde o”Pirata de Culiacán” esteve.

ubiie Redação

Publicado

em

Adolescente morreu após publicar insultos contra narcotraficante procurado / Foto: Instagram do Pirata de Culiacán

Juan Luis Lagunas Rosales – seu nome verdadeiro – ficou conhecido no país por publicar vídeos em redes sociais bebendo álcool e usando drogas até perder a consciência, apesar de ser um menor de idade.

Com essas publicações, o jovem de 17 anos, morto na última segunda-feira, chegou a ter 790 mil seguidores no Facebook, 37 mil no Twitter e 323 mil no Instagram.

De seu passado, sabia-se pouco: que ele nasceu em Villa Juarez, no Estado de Sinaloa, que sua mãe o deixou morando com sua avó e que ele não conhecia seu pai.

Aos 15 anos, ele saiu de casa antes de terminar o colégio e foi para a cidade vizinha de Culiacán, também em Sinaloa, onde se dedicou a lavar carros nas ruas.

Até que suas fotos e vídeos começaram a viralizar no México. Além de beber álcool e usar drogas, o jovem posava com maços de dinheiro, mulheres, carros de luxo e armas.

Pessoas que acompanhavam as filmagens incitavam o jovem a ficar bêbado e se drogar enquanto riam.

Eles também comemoravam as excentricidades do pirata, como gabar-se montado em um cavalo, ou ficar perto de um tigre de bengala.

Com a notoriedade que esses vídeos ganharam, diversos cantores famosos passaram a pedir para que o Pirata de Culiacán aparecesse em seus clipes. O jovem também passou a ser contratado para participar de eventos, segundo a imprensa mexicana.

Lagunas Rosales tinha algumas características marcantes. Uma delas era seu lema: “Então já era”. Outra eram as tatuagens que tinha em seus braços – um tigre e um pirata. Foram elas, inclusive, que ajudaram a identificar seu corpo, após o assassinado.

Insulto perigoso

Os comentários que supostamente lhe custariam a vida começaram a circular nas redes sociais, de acordo com alguns veículos da imprensa mexicana, no início de novembro. No dia 9, o Pirata de Culiacán publicou um vídeo em que, talvez, tenha ido longe demais.

Na gravação, se dirigiu a Nemesio Oseguera Cervantes, conhecido como El Mencho – líder do cartel Jalisco Nova Geração e um dos principais distribuidores de drogas sintéticas do continente, de acordo com o governo dos EUA.

Em menos de 10 anos, este grupo passou de algo restrito para uma organização com presença em nove Estados do país, ao qual são atribuídos centenas de assassinatos.

Oseguera Cervantes é um dos dois homens mais procurados no México. Mas o pirata não se importou. “O Mencho para mim descasca meu pau”, disse o adolescente no vídeo.

Depois de mais de um mês, nesta segunda-feira, o pirata anunciou nas redes sociais que naquela noite ele iria para o bar “Menta2 Cantaros” e disse o horário que chegaria. Essa foi a sua última aparição na internet.

Assim que ele chegou ao bar, homens armados apareceram e começaram a atirar contra ele.

O pirata recebeu cerca de 15 tiros e um segundo homem também morreu no tiroteio.

Vingança?

A imprensa mexicana começou a lidar com a hipótese de que o pirata foi morto por insultar El Mencho.

Um grupo de repórteres perguntou ao procurador-geral do Estado de Jalisco, Raúl Sánchez, se isso era verdade.

“Aparentemente, há um vídeo onde ele faz asserções, mas desconhecemos se ele tem alguma conexão com esse fato”, respondeu Sanchez em entrevista à BBC Mundo.

“Seus vídeos são muito agressivos. Está sendo investigado como ele chegou (no bar) e com quem ele chegou, para descobrirmos o que aconteceu”.

A BBC Mundo procurou a polícia de Guadalajara, do Estado de Jalisco, onde o assassinato ocorreu para comentar o caso, mas não recebeu resposta.

Assim que a notícia de sua morte se tornou conhecida, um de seus amigos publicou o trecho de uma música na página do Facebook do pirata.

“A fama veio a mim do nada, vivi a vida como pude e dou graças a Deus pelo que tive”, diz a canção.

A homenagem revela que, embora sua permanência no mundo tenha sido curta, “muitos se lembrarão” de Pirata.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Mundo

Propaganda de açougue com foto de mulher causa polêmica em Portugal

Uma propaganda viralizou e causou indignação nos portugueses

ubiie Redação

Publicado

em

Nesta segunda-feira (15), uma foto de uma propaganda em um açougue de Vila Nova de Gaia, região norte de Portugal, viralizou nas redes sociais e causou muita polêmica ao exibir a imagem de uma mulher como ‘um pedaço de carne’.

A propaganda exibe uma mulher sentada na praia com uma descrição de um produto vendido no local. ‘Vitela Brana para assar 9,50 kg’, dizia o texto.

Logo depois da imagem viraliza, o grupo Movimento Democrático de Mulheres (MDM) decidiu se pronunciar e criticou esse tipo de publicidade: “É tempo de dizer que as mulheres não são mercadoria, não são produtos vendáveis, nem podem os seus corpos ser usados como tal”, publicou o grupo no Facebook.

O MDM ainda disse que a prática é “vexatória (…) e ajuda a manter estereótipos de gênero, a disseminar e a naturalizar o desrespeito pelas mulheres enquanto seres humanos, desrespeito esse que incita à submissão, o escárnio e à própria violência contra as mulheres”.

O açougue, que pertence a empresa Carnes Sá da Bandeira, por sua vez, comentou o caso informando que tudo era um “mal-entendido”, e que, “à semelhança do ano anterior, foram elaborados cartazes alusivos ao verão cuja associação de imagens levou a interpretações que de modo algum ocorreu à empresa”. A empresa ainda pediu desculpas pelos transtornos e que não tiveram intenção de ofender ninguém.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Mulher entra com carro no metrô pensando que era estacionamento

Incidente aconteceu nesta segunda-feira (15) em Barcelona, na Espanha

ubiie Redação

Publicado

em

Nesta segunda-feira (15), uma mulher invadindo uma estação de metrô em Barcelona, na Espanha, após ter confundido com a entrada de um estacionamento subterrâneo. De acordo com o El Mundo, ninguém ficou ferido no incidente.

O veículo ficou preso e foi necessário além do reboque a ajuda de um guindaste da Guardia Civil. As autoridades abriram uma investigação ao incidente.

As imagens do incidente circulam nas redes sociais, tendo-se causado grande comoção em torno da entrada de metro.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Polícia descobre que homem desaparecido foi devorado pelos próprios cães

Durante o processo de investigação, foram encontrados pedaços de cabelo, roupas e ossos nas fezes dos cães, todos com o DNA do dono

ubiie Redação

Publicado

em

Um homem, dado como desaparecido há meses, foi totalmente devorado pelos próprios cães, no Texas, EUA, de acordo com a polícia do condado de Johnson, que encerrou o caso na última terça-feira (10). Segundo os policiais, a família o procurava desde maio.

O xerife Aaron Pitts, em entrevista ao jornal Metro Reino Unido, disse que restos do corpo de Freddie Mack, de 57 anos, foram encontrados nas fezes dos seus 18 cachorros, após uma análise feita com os animais que moravam com o dono na propriedade. Durante o processo, os investigadores encontraram pedaços de cabelo, roupas e ossos nos dejetos dos cães, todos com o DNA do dono.

Ele não dava mais notícias à família desde 19 de abril deste ano. A polícia chegou a ser acionada em maio, porém, depois de se encaminhar ao terreno, não conseguiu entrar por conta da agressividade dos 18 cães, que tentaram avançar na equipe. Após não achar nenhuma pista do homem na região, os agentes voltaram e conseguiram entrar na casa.

Mark morava em uma propriedade isolada, na comunidade de Venus, com pouco mais de 4 mil habitantes e tinha problemas de saúde. Entretanto, a polícia não soube confirmar se os cachorros chegaram a matar seu dono ou apenas comeram o cadáver. Aaron Pitts disse que aparentemente os animais devoraram todo o corpo de Mark.

“Nunca nós ou alguém com quem falamos ouviu falar de um ser humano ser consumido por inteiro. Os ossos foram completamente quebrados e comidos”, revelou o xerife durante entrevista.

Pitts ainda reforça que os cachorros estavam bem cuidados e alimentados. E que o homem “amava seus animais”. No decorrer da investigação, dois deles foram mortos pelos outros cães. Outros 13, devido à “natureza agressiva”, foram abatidos por policiais. Os três que restaram estão disponíveis para adoção.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
107,73
JPY –0,19%
3,76
BRL +0,01%
1EUR
Euro. European Union
=
121,07
JPY –0,09%
4,23
BRL +0,10%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
1.035.803,93
JPY –0,78%
36.184,52
BRL –0,59%

Tokyo
26°
Mostly Cloudy
ThuFriSat
28/23°C
28/24°C
28/23°C

São Paulo
12°
Mostly Cloudy
WedThuFri
min 10°C
20/10°C
22/11°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana